ADVERTÊNCIA DALACIN C 300 MG

Atualizado em 25/05/2016

Na antibioticoterapia, a ocorrência de diarréia1 é uma possibilidade a ser considerada. A clindamicina, como outros antibióticos, pode causar sintomas2 dessa natureza. Casos leves, apresentando mudanças mínimas na mucosa3, podem reagir a uma simples suspensão da droga. Casos moderados a severos, inclusive aquelas apresentando ulceração4 ou formação pseudomembranosa, devem ser tratados com fluidos, eletrólitos5 e suplementação6 protéica, conforme indicado. Outras causas para colite7 devem ser consideradas.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
4 Ulceração: 1. Processo patológico de formação de uma úlcera. 2. A úlcera ou um grupo de úlceras.
5 Eletrólitos: Em eletricidade, é um condutor elétrico de natureza líquida ou sólida, no qual cargas são transportadas por meio de íons. Em química, é uma substância que dissolvida em água se torna condutora de corrente elétrica.
6 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
7 Colite: Inflamação da porção terminal do cólon (intestino grosso). Pode ser devido a infecções intestinais (a causa mais freqüente), ou a processos inflamatórios diversos (colite ulcerativa, colite isquêmica, colite por radiação, etc.).

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIA DALACIN C 300 MG?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.