PRECAUÇÕES GERAIS ALDACTONE

Atualizado em 25/05/2016

                   Uma vez que a espironolactona é um diurético1 poupador de potássio, a administração de suplementos de potássio ou de outros agentes poupadores de potássio não é recomendável porque pode induzir à hiperpotassemia. ALDACTONE pode potenciar a ação de diuréticos2 ou outras drogas anti-hipertensivas e por esta razão a dosagem destas deve primeiramente ser reduzida em 50% e então ajustada conforme necessário.
A espironolactona reduz a resposta vascular3 à norepinefrina. Deve ser tomada precaução quando da administração em pacientes submetidos a anestesia4 geral ou regional quando em tratamento com ALDACTONE.
É aconselhável realizar uma periódica avaliação dos eletrólitos5 séricos, tendo em vista a possibilidade de hiperpotassemia, hiponatremia6 e uma possível elevação transitória da uréia7 plasmática especialmente em pacientes com distúrbios pré-existentes da função renal8, para os quais a relação risco/benefício deve ser considerada.
A espironolactona e seus metabólitos9 podem atravessar a barreira placentária. Por esta razão, o uso de ALDACTONE em mulheres grávidas requer a avaliação de seus benefícios bem como dos riscos que possam acarretar à mãe ou ao feto10.
O Canrenone, um metabólito11 ativo da espironolactona, aparece no leite materno. Se o uso de ALDACTONE durante o período da amamentação12 for considerado essencial, um método alternativo de alimentação para a criança deve ser instituído.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Diurético: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
2 Diuréticos: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
3 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
4 Anestesia: Diminuição parcial ou total da sensibilidade dolorosa. Pode ser induzida por diferentes medicamentos ou ser parte de uma doença neurológica.
5 Eletrólitos: Em eletricidade, é um condutor elétrico de natureza líquida ou sólida, no qual cargas são transportadas por meio de íons. Em química, é uma substância que dissolvida em água se torna condutora de corrente elétrica.
6 Hiponatremia: Concentração de sódio sérico abaixo do limite inferior da normalidade; na maioria dos laboratórios, isto significa [Na+] < 135 meq/L, mas o ponto de corte [Na+] < 136 meq/L também é muito utilizado.
7 Ureia: 1. Resíduo tóxico produzido pelo organismo, resulta da quebra de proteínas pelo fígado. É normalmente removida do organismo pelos rins e excretada na urina. 2. Substância azotada. Composto orgânico cristalino, incolor, de fórmula CO(NH2)2 (ou CH4N2O), com um ponto de fusão de 132,7 캜.
8 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
9 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
10 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
11 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
12 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.

Tem alguma dvida sobre PRECAUÇÕES GERAIS ALDACTONE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.