TESTES DE SENSIBILIDADE MAXCEF

Atualizado em 25/05/2016

           ·    TÉCNICAS DE DIFUSÃO           Resultados laboratoriais de testes de sensibilidade com disco único padronizado, usando-se discos de 30 mcg de cefepima, conforme determinação do "National Committee for Clinical Laboratory Standards (NCCLS)", devem ser interpretados de acordo com o seguinte critério:

           Diâmetro do halo (mm)            Interpretação
           > 18                       (S)  Sensível
                      15 - 17                       ( I )  Intermediário
           < 14                       (R)  Resistente
         
"Sensível" indica que o patógeno é, provavelmente, inibido por concentrações plasmáticas que são geralmente alcançadas.
"Intermediário" indica que o organismo é sensível quando altas doses são usadas ou quando a infecção1 está confinada a tecidos e fluidos (p.ex.: fluido intersticial2 e urina3), nos quais altos níveis de antibióticos são atingidos.
"Resistente" indica que é improvável que a concentração de antibiótico que se atinge seja inibitória e outra terapia deve ser indicada.

A sensibilidade dos microrganismos deve ser avaliada com discos de cefepima, que tem-se mostrado ativa in vitro  contra certas cepas4 resistentes a outros discos de betalactamase. O disco de cefepima não deve  ser utilizado para avaliar a sensibilidade frente à outras cefalosporinas. Procedimentos padronizados de controle de qualidade preconizam o uso de cepas4 controle.

           ·    TÉCNICAS DE DILUIÇÃO
          Usando-se métodos padronizados de diluição  ou equivalentes (ex.: E-test?), os valores da  Concentração Inibitória Mínima (CIM) obtidos devem ser interpretados de acordo com o seguinte critério:

           CIM (mcg/ml)            Interpretação
   < 8                   (S) Sensível
   16                   ( I ) Intermediário
  > 32                   (R) Resistente
         
Assim como as técnicas de difusão, as técnicas de diluição preconizam o uso de cepas4 controle.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Intersticial: Relativo a ou situado em interstícios, que são pequenos espaços entre as partes de um todo ou entre duas coisas contíguas (por exemplo, entre moléculas, células, etc.). Na anatomia geral, diz-se de tecido de sustentação localizado nos interstícios de um órgão, especialmente de vasos sanguíneos e tecido conjuntivo.
3 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
4 Cepas: Cepa ou estirpe é um termo da biologia e da genética que se refere a um grupo de descendentes com um ancestral comum que compartilham semelhanças morfológicas e/ou fisiológicas.

Tem alguma dúvida sobre TESTES DE SENSIBILIDADE MAXCEF?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.