INFORMAÇÕES TÉCNICAS DALACIN T

Atualizado em 25/05/2016

Microbiologia: Embora o fosfato de clindamicina seja inativo in vitro, a hidrólise rápida in vivo converte este composto na clindamicina ativa antibacteriana. As fosfatases da pele1 hidrolisam o fosfato de clindamicina em clindamicina base. A clindamicina tem demonstrado possuir atividade in vitro contra isolados de Propionibacterium acnes. Isto pode explicar a sua utilidade em acne2. Além disso, a clindamicina mostrou uma ampla gama de atividade in vitro que é descrita nas bulas da administração oral ou parenteral. Ficou demonstrado que há resistência cruzada entre clindamicina e lincomicina e antagonismo entre clindamicina e eritromicina. A atividade da clindamicina foi demonstrada em extratos das lesões3 em pacientes com acne2. A concentração média da atividade antibiótica nos extratos mencionados foi de 1,4 mcg/ml. A clindamicina in vitro inibe todas as culturas testadas de Propionibacterium acnes (MCI 0,4 mcg/ml). Os ácidos gordurosos livres da superfície da pele1 foram diminuídos de aproximadamente 14% para 2%, após aplicação de clindamicina tópica. Foram negativos os resultados dos estudos realizados para detectar clindamicina ou atividade da clindamicina no sangue4 ou na urino após aplicação tópica deste preparado contendo fosfato de clindamicina. Entretanto, os estudos de penetração na pele1 humana com cloridrato de clindamicina titulada com rádio5 demonstraram que aproximadamente 10% da dose é absorvida conforme indicado por concentração no Stratum corneum. O ensaio microbiológico6 da urina7 de pacientes tratados com cloridrato de clindamicina para uso tópico8 demonstrou concentrações variadas do antibiótico. Não foi observada qualquer absorção induzida pela aplicação tópica de fosfato de clindamicina, porém é teoricamente possível que a clindamicina possa ser absorvida nesta preparado tópico8.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
2 Acne: Doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. As lesões começam a surgir na puberdade, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos. Os cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.
3 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
4 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
5 Rádio:
6 Microbiológico: Referente à microbiologia, ou seja, à especialidade biomédica que estuda os microrganismos patogênicos, responsáveis pelas doenças infecciosas, englobando a bacteriologia (bactérias), virologia (vírus) e micologia (fungos).
7 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
8 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.

Tem alguma dúvida sobre INFORMAÇÕES TÉCNICAS DALACIN T?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.