INFORMAÇÕES AO PACIENTE PENTASA

Atualizado em 25/05/2016

PENTASA (supositórios e comprimidos) é válido por três anos a partir da data de fabricação. Verifique o prazo de validade impresso no cartucho. Não use medicamentos vencidos, pode ser prejudicial para sua saúde1. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez2 na vigência do tratamento. Informe ao seu médico caso você tenha problemas nos rins3 ou no fígado4. Informe ao seu médico a ocorrência de efeitos desagradáveis, tais como dor de estômago5, flatulência, dor de cabeça6, náusea7, irritação anal. Informe ao médico caso você seja sensível à sulfassalazina e aos salicilatos (ex.: ácido acetilsalicílico  AAS). Não utilize outro medicamento sem antes pedir autorização ao seu médico. Modo de usar (supositórios):1. Visita ao banheiro imediatamente antes do uso do supositório é recomendada. 2. O envelope que contém o supositório deve ser aberto na marca. 3. Por razões de higiene, é recomendável o uso da proteção de borracha para os dedos. O supositório deve ser introduzido até que se sinta resistências e que a mesma desapareça novamente. 4. Caso o supositório seja eliminado dentro dos primeiros 10 minutos após a sua introdução. Outro supositório deve ser introduzido. 5. Destrua o material de embalagem após o uso. PENTASA Comprimidos não deve ser mastigado.

Mantenha o produto longe do alcance das crianças.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
4 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
5 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
6 Cabeça:
7 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.

Tem alguma dvida sobre INFORMAÇÕES AO PACIENTE PENTASA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.