INFORMAÇÕES TÉCNICAS FLIXONASE

Atualizado em 25/05/2016

O propionato de fluticasona, substância ativa de FLIXONASE    AQUOSO NASAL SPRAY, é um corticosteróide de potente atividade tópica na pele1, com baixa ou nenhuma supressão do eixo hipotálamo2-hipófise3-adrenal (HHA). Subseqüentemente à administração oral, 87%-100% da dose são excretados nas fezes, até 75% como propionato de fluticasona, dependendo da dose. Há somente um metabólito4 importante, de fraca atividade. Após administração intravenosa, há uma rápida depuração plasmática da droga, sugerindo uma extensiva extração hepática5. A meia-vida plasmática é de cerca de 3 horas. O propionato de fluticasona possui uma potente atividade antiinflamatória, porém, quando usado topicamente na mucosa6 nasal, não apresenta nenhuma atividade sistêmica detectável.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
2 Hipotálamo: Parte ventral do diencéfalo extendendo-se da região do quiasma óptico à borda caudal dos corpos mamilares, formando as paredes lateral e inferior do terceiro ventrículo.
3 Hipófise:
4 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
5 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
6 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.

Tem alguma dúvida sobre INFORMAÇÕES TÉCNICAS FLIXONASE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.