TRATAMENTO PARENZYME ANALGESICO

Atualizado em 28/05/2016

Qualquer paciente que ingerir 7,5 g ou mais de paracetamol deve ser tratado dentro de 10 horas com o antídoto1 específico (acetilcisteína2). Não se deve esperar os resultados dos níveis plasmáticos de paracetamol para iniciar o tratamento com acetilcisteína2.
Previamente, deve-se induzir a emese3 com xarope de ipeca ou realizar lavagem gástrica4 dentro de 4 horas de ingestão. O carvão ativado só é eficaz quando administrado dentro de 1 a 2 horas da possível sobredose e deve ser retirado mediante lavagem gástrica4 antes do tratamento com acetilcisteína2.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Antídoto: Substância ou mistura que neutraliza os efeitos de um veneno. Esta ação pode reagir diretamente com o veneno ou amenizar/reverter a ação biológica causada por ele.
2 Acetilcisteína: Derivado N-acetil da cisteína. É usado como um agente mucolítico para reduzir a viscosidade das secreções mucosas.
3 Êmese: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Sinônimo de vômito. Pode ser classificada como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
4 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.

Tem alguma dúvida sobre TRATAMENTO PARENZYME ANALGESICO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.