ADVERTÊNCIAS TERRAMICINA SOLUCAO INTRAMUSCULAR

Atualizado em 28/05/2016

Caso haja insuficiência renal1, mesmo as doses usuais (oral ou parenteral) podem conduzir ao acúmulo excessivo do medicamento no organismo, levando a possível toxicidade2 hepática3. Em tais circunstâncias, doses totais menores que as habituais são indicadas e, caso o tratamento seja prolongado, são aconselháveis determinações dos níveis séricos do medicamento.

Fotossensibilidade, manifestada por reação de queimadura solar exagerada, foi observada em alguns indivíduos que receberam tetraciclinas. Pessoas que comumente se expõem diretamente à luz solar ou à ultravioleta devem ser alertadas quanto a esta possível reação.

Ação antianabólica das tetraciclinas pode causar aumento do nitrogênio uréico sérico. Embora isto não represente um problema quando a função renal4 for normal, nos pacientes com insuficiência renal1 significante, níveis séricos mais altos de tetraciclina podem conduzir à uremia5, hiperfosfatemia e acidose6.

Caso o médico considere que o tratamento intensivo possa superar os possíveis riscos (principalmente durante a gravidez7 ou indivíduos com suspeita ou confirmação de insuficiência renal1 ou hepática3) é aconselhável realizar testes de função renal4 e hepática3 antes e durante a terapia. As concentrações séricas das tetraciclinas devem também ser monitorizadas.

A solução intramuscular pré-constituída de Terramicina® (oxitetraciclina/lidocaína) contém formaldeído sulfoxilato de sódio o qual através de oxidação pode formar um sulfito que possivelmente pode resultar em/ou agravar reações anafilactóides.

USO EM RECÉM-NASCIDOS, PRIMEIRA INFÂNCIA E CRIANÇAS

O uso de tetraciclinas durante o desenvolvimento dos dentes (metade final de gravidez7, primeira infância e até os 8 anos) pode provocar coloração permanente dos dentes (amarelo-cinza-castanho). Esta reação indesejável é mais frequente com o uso a longo prazo, mas também tem sido observada após repetidos tratamentos de curta duração.

Hipoplasia8 do esmalte9 dos dentes também foi descrita. As tetraciclinas, portanto, não devem ser empregadas neste grupo etário, a não ser que outros medicamentos não se mostrem eficazes ou sejam contra-indicados. Todas as tetraciclinas formam um complexo estável com cálcio em todo tecido ósseo10 em formação. Uma redução na velocidade de crescimento da fíbula11 foi evidenciada em prematuros que tomaram tetraciclina oral em doses de 25 mg/kg a cada 6 horas. Está reação mostrou-se reversível ao se interromper o medicamento.

                         

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
2 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
3 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
4 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
5 Uremia: Doença causada pelo armazenamento de uréia no organismo devido ao mal funcionamento renal. Os sintomas incluem náuseas, vômitos, perda de apetite, fraqueza e confusão mental.
6 Acidose: Desequilíbrio do meio interno caracterizado por uma maior concentração de íons hidrogênio no organismo. Pode ser produzida pelo ganho de substâncias ácidas ou perda de substâncias alcalinas (básicas).
7 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
8 Hipoplasia: Desenvolvimento defeituoso ou incompleto de tecido ou órgão, geralmente por diminuição do número de células, sendo menos grave que a aplasia.
9 Esmalte: Camada rígida, delgada e translúcida, de substância calcificada que reveste e protege a dentina da coroa do dente. É a substância mais dura do corpo e é quase que completamente composta de sais de cálcio. Ao microscópio, é composta de bastões delgados (prismas do esmalte) mantidos conectados por uma substância cimentante, e apresenta-se revestido por uma bainha de esmalte. (Tradução livre do original
10 Tecido Ósseo: TECIDO CONJUNTIVO especializado, principal constituinte do ESQUELETO. O componente celular básico (principle) do osso é constituído por OSTEOBLASTOS, OSTEÓCITOS e OSTEOCLASTOS, enquanto COLÁGENOS FIBRILARES e cristais de hidroxiapatita formam a MATRIZ ÓSSEA.
11 Fíbula: Osso da perna, lateral à tíbia (e menor que esta). Proporcionalmente a seu comprimento, é o mais delgado dos ossos longos. Sinônimos: Perônio

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIAS TERRAMICINA SOLUCAO INTRAMUSCULAR?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.