Preço de TAMOXIN em Fairfield/SP: R$ 301,79

TAMOXIN

EUROFARMA

Atualizado em 09/12/2014

TAMOXIN


citrato de tamoxifeno


Forma Farmacêutica e Apresentações de Tamoxin

Comprimido revestido

Cartucho com 30 comprimidos de 10 mg e 20 mg

Cartucho com 300 comprimidos de 10 mg e 20 mg

USO ADULTO

USO ORAL


Composição de Tamoxin

Cada comprimido revestido contém:

tamoxifeno (citrato) ............................10 mg (15,2 mg)

tamoxifeno (citrato) ........................... 20 mg (30,4 mg)

Excipiente q.s.p. .................................... 1 comprimido

Excipientes: amido, manitol, carbonato de cálcio, aerosil, talco e estearato de magnésio.

Informações ao Paciente de Tamoxin

AÇÃO ESPERADA DO MEDICAMENTO
Tratamento do câncer1 de mama2.


ARMAZENAMENTO

Conservar em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC). Proteger da umidade.


VALIDADE

Desde que observados os devidos cuidados de conservação, o prazo de validade de TAMOXIN (citrato de tamoxifeno) é de 24 meses, contados a partir da data de fabricação impressa em sua embalagem externa.


NÃO USE MEDICAMENTO COM O PRAZO DE VALIDADE VENCIDO.

INFORME AO MÉDICO OCORRÊNCIA DE GRAVIDEZ3 NA VIGÊNCIA DO TRATAMENTO OU APÓS O SEU TÉRMINO.

ESTE MEDICAMENTO NÃO DEVE SER ADMINISTRADO DURANTE A GRAVIDEZ3.

INFORME AO SEU MÉDICO SE ESTÁ AMAMENTANDO.


CUIDADOS DE ADMINISTRAÇÃO

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.


INTERRUPÇÃO DO TRATAMENTO

Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.



REAÇÕES ADVERSAS

Informe imediatamente ao seu médico o aparecimento de qualquer reação desagradável, tais como: sangramento vaginal, onda de calor e prurido4 vulvar. Eventualmente observa-se retenção de líquido.


TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.


CONTRA-INDICAÇÕES E PRECAUÇÕES

O uso deste medicamento é contra-indicado em caso de hipersenssibilidade conhecida ao citrato de tamoxifeno e/ou demais componentes da formulação.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.


NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE5.

- INFORMAÇÕES TÉCNICAS:

DESCRIÇÃO

Tamoxifeno é um agente terapêutico não esteróide, com potente ação antiestrogênica. Quimicamente é um trans isomero, derivado do trifenil etileno, e o (2) 2 [4 - (1,2 difenil - 1 buteril] fenoxi) - N, N - dimetil tanamina e sua fórmula é:



Tamoxifeno possui propriedades antiestrogênicas competindo com o estrogênio pelas ligações aos receptores nos orgãos alvo. Após a administração, o tamoxifeno é absorvido rapidamente, atingindo concentrações séricas máximas dentro de 4 - 7 horas.

A droga apresenta alta ligação proteica a albumina6 sérica (> 99%), o metabolismo7 dá-se por hidroxilação, dimetilação e conjugação, daí originando vários metabólitos8 importantes os quais possuem perfis farmacológicos semelhantes ao da droga original, contribuindo assim para o efeito terapêutico.


- INDICAÇÕES:

Tamoxifeno é indicado para o tratamento do câncer1 da mama2. A proporção de portadoras de câncer1 da mama2 que responde ao tamoxifeno é similar a que responde ao tratamento com estrogênios e androgênios.


Contraindicações de Tamoxin

TAMOXIFENO ESTÁ CONTRA INDICADO EM PACIENTES QUE DEMONSTRAM REAÇÕES DE SENSIBILIDADE À DROGA OU COMPONENTES DA FÓRMULA. NÃO DEVE SER ADMINISTRADO DURANTE A GRAVIDEZ3. ANTES DO INÍCIO DO TRATAMENTO AS PACIENTES EM PERÍODO DE PRÉ-MENOPAUSA9 DEVEM SER CUIDADOSAMENTE EXAMINADAS.


Precauções e Advertências de Tamoxin

MULHERES NA PRÉ-MENOPAUSA9 QUE RECEBERAM TAMOXIFENO PARA O TRATAMENTO DE CÂNCER1 DA MAMA2 TIVERAM A MENSTRUAÇÃO10 SUPRIMIDA. EDEMA11 OVARIANO CÍSTICO REVERSÍVEL TEM RARAMENTE SIDO OBSERVADO QUANDO ESSAS MULHERES FORAM TRATADAS COM DOSES DE 40 MG DUAS VEZES AO DIA DURANTE CURTO PERÍODO DE TEMPO. UM PEQUENO NÚMERO DE PACIENTES COM METÁSTASES12 ÓSSEAS DESENVOLVEM HIPERCALCEMIA NO ÍNICIO DO TRATAMENTO. ALTERAÇÕES CÓRNEAS E MACULARES QUE RESULTARAM EM VISÃO13 EMBARAÇADA FORAM DESCRITAS NUM PEQUENO NÚMERO DE CASOS TRATADOS CONTINUAMENTE COM 12 A 16 VEZES A DOSE INICIAL RECOMENDADA DURANTE UM PERÍODO DE MAIS DE 17 MESES. ATRAVÉS DA OBSERVAÇÃO CLÍNICA, NOTOU-SE QUE O USO PROLONGADO DE TAMOXIFENO PODE INDUZIR A ALTERAÇÕES ENDOMETRIAIS DO TIPO PROLIFERATIVO, ALÉM DE AUMENTAR O RISCO DA PACIENTE DESENVOLVER CÂNCER1 DE ENDOMÉTRIO14. APESAR DA LITERATURA * (* VAN LEEUWEN FE ET COLS - THE LANCET 343: 448- 52,1994 / JORDAN VC & ASSIKIS VJ - CLIN CANCER1 RES 1: 467-72, 1995) NÃO DEFINIR EXATAMENTE O GRAU DO RISCO RELATIVO DAS PACIENTES EM USO DE TAMOXIFENO, DESENVOLVEREM UMA NEOPLASIA15 ENDOMETRIAL , FAZ -SE NECESSÁRIO O CONTROLE DO ENDOMÉTRIO14 ATRAVÉS DE ULTRA-SONOGRAFIA PÉLVICA16 E TRANSVAGINAL A CADA 6 MESES PELO MENOS , EM PACIENTES EM USO DA DROGA POR TEMPO PROLONGADO E/OU EM USO DE DOSE ELEVADA . O AUMENTO DO DOBRO DA ESPESSURA ENDOMETRIAL INICIAL (ULTRA-SONOGRAFIA REALIZADA ANTES DO INÍCIO DA TERAPÊUTICA17 COM O TAMOXIN (CITRATO DE TAMOXIFENO) ) OU UMA ESPESSURA MAIOR QUE 10 MM DO ENDOMÉTRIO14 SUGERE UMA INVESTIGAÇÃO DETALHADA .

Interações Medicamentosas de Tamoxin

Não foram relatados casos de interação medicamentosa.


Reações Adversas de Tamoxin

EFEITOS COLATERAIS18 COMO, POR EXEMPLO, ONDAS DE CALOR, SANGRAMENTO VAGINAL, PRURIDO4 VULVAR, INTOLERÂNCIA GASTROINTESTINAL, DOR LOCALIZADA, CEFALÉIA19, TONTURA20, E OCASIONALMENTE RETENÇÃO DE FLUÍDOS, PODEM OCORRER. UM PEQUENO NÚMERO DE PACIENTES DESENVOLVEM HIPERCALCEMIA NO INÍCIO DO TRATAMENTO. DIMINUIÇÃO TRANSITÓRIA NA CONTAGEM DE PLAQUETAS21, NORMALMENTE ATÉ 80.000 POR MM 3; OCASIONALMENTE CASOS DE DISTÚRBIOS VISUAIS , INCLUSIVE ALTERAÇÕES CORNEANAS , CATARATA22 E RETINOPATIA OCORREM EM PACIENTES EM TRATAMENTO COM TAMOXIFENO.

QUANDO OS EFEITOS COLATERAIS18 SÃO INTENSOS GERALMENTE É POSSÍVEL CONTROLÁ-LOS ATRAVÉS DE SIMPLES REDUÇÃO DE DOSE SEM PREJUÍZO DO CONTROLE DA DOENÇA. SE OS EFEITOS COLATERAIS18 PERSISTIREM PODE SER NECESSÁRIO SUSPENDER O TRATAMENTO.

Posologia de Tamoxin

Recomenda-se iniciar o tratamento com 1 comprimido de 10 mg duas vezes ao dia. Se não ocorrer resposta satisfatória, dentro de 1 mês, deve-se aumentar a dose para 20 mg duas vezes ao dia.


Conduta na Superdosagem de Tamoxin

A dose de tamoxifeno que provoca fenômenos de intoxicação ainda não foi estabelecida. O estudo em animais, que determinou DL 50, mostrou dificuldades respiratórias e convulsões. Não existe um tratamento específico para superdosagem do tamoxifeno; o tratamento deve ser sintomático23.


“VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA”

Nº de lote,data de fabricação e prazo de validade: Vide Cartucho.


Para a sua segurança mantenha esta embalagem até o uso total do medicamento.


MS - 1.0043.0582


Farm. Resp.:

Dra. Sônia Albano Badaró - CRF-SP 19.258



EUROFARMA LABORATÓRIOS LTDA.

Av. Ver. José Diniz, 3.465

São Paulo - SP

CNPJ 61.190.096/0001-92

Indústria Brasileira


TAMOXIN - Laboratório

EUROFARMA
Av. Ver. José Diniz, 3465 - Campo Belo
São Paulo/SP - CEP: 04603-003
Tel: 0800-704-3876
Email: euroatende@eurofarma.com.br
Site: http://www.eurofarma.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "EUROFARMA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
5 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
6 Albumina: Proteína encontrada no plasma, com importantes funções, como equilíbrio osmótico, transporte de substâncias, etc.
7 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
8 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
9 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
10 Menstruação: Sangramento cíclico através da vagina, que é produzido após um ciclo ovulatório normal e que corresponde à perda da camada mais superficial do endométrio uterino.
11 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
12 Metástases: Formação de tecido tumoral, localizada em um lugar distante do sítio de origem. Por exemplo, pode se formar uma metástase no cérebro originário de um câncer no pulmão. Sua gravidade depende da localização e da resposta ao tratamento instaurado.
13 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
14 Endométrio: Membrana mucosa que reveste a cavidade uterina (responsável hormonalmente) durante o CICLO MENSTRUAL e GRAVIDEZ. O endométrio sofre transformações cíclicas que caracterizam a MENSTRUAÇÃO. Após FERTILIZAÇÃO bem sucedida, serve para sustentar o desenvolvimento do embrião.
15 Neoplasia: Termo que denomina um conjunto de doenças caracterizadas pelo crescimento anormal e em certas situações pela invasão de órgãos à distância (metástases). As neoplasias mais frequentes são as de mama, cólon, pele e pulmões.
16 Pélvica: Relativo a ou próprio de pelve. A pelve é a cavidade no extremo inferior do tronco, formada pelos dois ossos do quadril (ilíacos), sacro e cóccix; bacia. Ou também é qualquer cavidade em forma de bacia ou taça (por exemplo, a pelve renal).
17 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
18 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
19 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
20 Tontura: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
21 Plaquetas: Elemento do sangue (não é uma célula porque não apresenta núcleo) produzido na medula óssea, cuja principal função é participar da coagulação do sangue através da formação de conglomerados que tamponam o escape do sangue por uma lesão em um vaso sangüíneo.
22 Catarata: Opacificação das lentes dos olhos (opacificação do cristalino).
23 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.