INFORMAÇÃO AO PACIENTE GLUCANTIME

Atualizado em 24/05/2016

Ação esperada do medicamento: é um medicamento indicado no tratamento de
Leishmaniose tegumentar americana ou cutâneo1-mucosa2 e tratamento da Leishmaniose
visceral ou calazar.

Cuidados de armazenamento: GLUCANTIME® deve ser mantido dentro da embalagem
original em temperatura ambiente (entre 15 – 30°C) e ao abrigo da luz.

Prazo de validade: vide embalagem externa. Verifique sempre o prazo de validade do
medicamento antes de usá-lo. Nunca use medicamentos com o prazo de validade vencido,
pois pode ser prejudicial à sua saúde3. Antes de utilizar o medicamento, confira o nome na
embalagem, para não haver enganos. Não utilize GLUCANTIME® caso haja sinais4 de
violação e/ou danificações da embalagem.

Gravidez5 e lactação6: informe seu médico a ocorrência de gravidez5 na vigência do
tratamento ou após o seu término. Informar ao seu médico se estiver amamentando.

Cuidados de administração: siga as orientações do seu médico, respeitando os horários,
as doses e a duração do tratamento.

Aspecto físico do medicamento: GLUCANTIME® é um líquido límpido de coloração
levemente amarela a amarela-amarronzada.

Interrupção do tratamento: não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu
médico.

Reações adversas: algumas reações adversas podem ocorrer, tais como: dor nas juntas,
dores musculares, dor de cabeça7, mal estar geral, dificuldade em respirar, dor na barriga,
entre outras. Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS
Contra-indicações e precauções: GLUCANTIME® é contra-indicado em caso de
hipersensibilidade ao antimoniato de meglumina e aos demais componentes do produto. É
também contra-indicado em caso de insuficiência renal8, cardíaca ou hepática9.

GLUCANTIME® não deve ser utilizado durante a gravidez5 e amamentação10.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER
PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE3.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Cutâneo: Que diz respeito à pele, à cútis.
2 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
4 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
5 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
6 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
7 Cabeça:
8 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
9 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
10 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.

Tem alguma dvida sobre INFORMAÇÃO AO PACIENTE GLUCANTIME?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.