POSOLOGIA OXITON

Atualizado em 25/05/2016

Indução ao trabalho de parto - infusão I.V. gota1 a gota1 de uma solução de Dextrose2 a 5% contendo 1 UI de oxitocina3 por 100 ml.Antes do uso, agitar o frasco para homogeneizar a mistura. Iniciar a infusão com 2 a 8 gotas/ minuto (0,1 a 0,4 ml/minuto ou 1-4 mU/minuto) aumentando gradualmente, se necessário até um máximo de 40 gotas/minuto ( 2 ml/minuto ou 20 mU/minuto). Monitorizar constantemente a freqüência cardíaca do feto4 suspendendo a
infusão se ocorrer hiperatividade uterina ou esgotamento fetal.
Se após a infusão de 500 ml (5 UI de Oxitocina3) não se verificar contrações regulares, interromper a tentativa de indução ao trabalho de parto.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Gota: 1. Distúrbio metabólico produzido pelo aumento na concentração de ácido úrico no sangue. Manifesta-se pela formação de cálculos renais, inflamação articular e depósito de cristais de ácido úrico no tecido celular subcutâneo. A inflamação articular é muito dolorosa e ataca em crises. 2. Pingo de qualquer líquido.
2 Dextrose: Também chamada de glicose. Açúcar encontrado no sangue que serve como principal fonte de energia do organismo.
3 Oxitocina: Hormônio produzido pelo hipotálamo e armazenado na hipófise posterior (neuro-hipófise). Tem a função de promover as contrações uterinas durante o parto e a ejeção do leite durante a amamentação.
4 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.

Tem alguma dúvida sobre POSOLOGIA OXITON?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.