EFEITO COLATERAIS / REAÇÕES ADVERSAS DOXAL

Atualizado em 28/05/2016

Raros casos de alergia1; manifestações neurológicas periféricas, em particular, um tipo de parestesia2 que ocorre com altas doses de vitamina3 B6 por tempo prolongado, progredindo desde andar vacilante e pés entorpecidos até o adormecimento e desajeitamento das mãos4; este quadro é reversível. Pode inibir a lactação5 por supressão da prolactina6.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
2 Parestesia: Sensação cutânea subjetiva (ex.: frio, calor, formigamento, pressão, etc.) vivenciada espontaneamente na ausência de estimulação.
3 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
4 Mãos: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
5 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
6 Prolactina: Hormônio secretado pela adeno-hipófise. Estimula a produção de leite pelas glândulas mamárias. O aumento de produção da prolactina provoca a hiperprolactinemia, podendo causar alteração menstrual e infertilidade nas mulheres. No homem, gera impotência sexual (por prejudicar a produção de testosterona) e ginecomastia (aumento das mamas).

Tem alguma dúvida sobre EFEITO COLATERAIS / REAÇÕES ADVERSAS DOXAL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.