COMPOSIÇÃO IMUNOGLOBULINA ANTITETÂNICA

Atualizado em 28/05/2016

Cada ml de solução injetável contém:

Imunoglobulina1 Antitetânica    125 U.I. (equivalentes a 165 mg de imunoglobulina1 humana)    
Glicina, Cloreto de Sódio e Acetato de Sódio     q.s.p.    
Água para injetáveis q.s.p.    1,0 ml    


- INFORMAÇÃO AO PACIENTE

A Imunoglobulina1 Antetânica BlausiegelÒ é indicada para pacientes2 que possam, conforme a avaliação médica, ser contaminadas pelo agente causador do tétano3.

Cuidados de conservação: Conservar o produto protegido da luz, entre 2°C e 8°C. Não congelar.

Prazo de validade: 3 (três) anos após a data de fabricação (vide cartucho). O prazo de validade encontra-se gravado na embalagem externa; em caso de vencimento, inutilize o produto.

Gravidez4 e lactação5: A longa experiência clínica de utilização das imunoglobulinas6 sugere que a Imunoglobulina1 Antetânica BlausiegelÒ não apresenta efeitos prejudicias durante a gravidez4 ou lactação5. As imunoglobulinas6 são excretadas no leite materno e podem transmitir anticorpos7 protetores aos recém-nascidos.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez4 durante o tratamento ou se está amamentando.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Imunoglobulina: Proteína do soro sanguíneo, sintetizada pelos plasmócitos provenientes dos linfócitos B como reação à entrada de uma substância estranha (antígeno) no organismo; anticorpo.
2 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
3 Tétano: Toxinfecção produzida por uma bactéria chamada Clostridium tetani. Esta, ao infectar uma ferida cutânea, produz uma toxina (tetanospasmina) altamente nociva para o sistema nervoso que produz espasmos e paralisia dos nervos afetados. Pode ser fatal. Existe vacina contra o tétano (antitetânica) que deve ser tomada sempre que acontecer um traumatismo em que se suspeita da contaminação por esta bactéria. Se a contaminação for confirmada, ou se a pessoa nunca recebeu uma dose da vacina anteriormente, pode ser necessário administrar anticorpos exógenos (de soro de cavalo) contra esta toxina.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
6 Imunoglobulinas: Proteína do soro sanguíneo, sintetizada pelos plasmócitos provenientes dos linfócitos B como reação à entrada de uma substância estranha (antígeno) no organismo; anticorpo.
7 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.

Tem alguma dúvida sobre COMPOSIÇÃO IMUNOGLOBULINA ANTITETÂNICA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.