MODO DE USAR E CUIDADOS DE ADMINISTRAÇÃO PROFOLEN

Atualizado em 28/05/2016


Agitar antes do uso.
O produto deve ser administrado por via endovenosa.

Cuidados de administração:

Agitar cada ampola, seringa1 ou frasco-ampola de Profolen® antes de sua utilização. Descartar qualquer porção restante não utilizada. Antes de sua administração, a emulsão somente poderá ser misturada com glicose2 5% ou lidocaína.

Como Profolen® não contém conservantes antimicrobianos, poderá apresentar desenvolvimento de microrganismos, por contaminação microbiana acidental. Portanto, ao abrir a ampola ou frasco-ampola, o conteúdo deve ser imediatamente aspirado assepticamente através de seringa1 esterilizada ou equipamento de infusão. Diluições que não devem exceder da proporção 1:5 (2 mg propofol/ml) devem ser preparadas com assepsia3 e imediatamente administradas após o preparo. A administração de Profolen® deve ser iniciada imediatamente após a dispensação do produto. Observar cuidados de assepsia3 até o término da infusão, em relação à manipulação do medicamento e ao equipamento de infusão.

Se houver drogas ou fluido adicionados à infusão de Profolen®, estes devem ser administrados próximos ao local da punção venosa. Não utilizar membrana filtrante e esterilizante na administração de Profolen®.

Qualquer ampola ou seringa1, contendo Profolen® destina-se a apenas um paciente e as porções restantes não devem ser aproveitadas para outros pacientes.

Conforme orientações para outras emulsões lipídicas, a infusão do produto não deve ultrapassar o prazo de 12 horas de infusão. Ao final do procedimento cirúrgico ou após 12 horas de infusão, sem levar em conta qual ocorrerá primeiro, tanto o recipiente contendo Profolen®, como o equipo de infusão devem ser descartados e substituídos de maneira adequada.

Profolen® pode ser usado em seringas plásticas ou frascos para infusão, sem diluição. No caso de ser utilizado sem diluição para a manutenção de anestesia4, deve ser utilizado um equipamento com bomba de infusão ou bomba peristáltica, para que as velocidades de infusão sejam devidamente controladas.

Caso Profolen® seja utilizado diluído, lembrar que esse produto somente pode ser diluído em solução de glicose2 5%, em bolsas de infusão de PVC ou de frascos de vidro de infusão.

Recomenda-se, por razões de estabilidade, que Profolen® diluído seja utilizado somente até 6 horas após a diluição.
Profolen® diluído pode ser utilizado através de várias técnicas de controle de diluição e de infusão. Porém, recomenda-se um catéter simples, evitando assim, o risco de infusão acidental descontrolada de maiores volumes de Profolen® diluído. Podem ser incluídos na linha de infusão uma bureta, um conta-gotas ou uma bomba volumétrica.
Profolen® pode ser administrado com lidocaína (Ver tabela) para diminuir a dor da injeção5 inicial.
Profolen® não deve ser misturado com outros fluidos terapêuticos antes da sua administração, a não ser com solução de glicose2 5% ou lidocaína. Caso seja necessário a aplicação de outros agentes terapêuticos, estes devem ser administrados através de um equipo em Y, próximo do local de injeção5. Para a co-administração de Profolen® com outras drogas, tem-se a seguinte tabela:

Diluição e co-administração de Profolen® com outras drogas ou fluidos de infusão

Técnica de co-administração    Aditivo ou diluente    Preparação    Precauções    
Pré-mistura               Infusão intravenosa de glicose2 5%.              Misturar 1 parte de Profolen® com até 4 partes de glicose2 5% em bolsas de infusão de PVC ou frascos de vidro de infusão. Quando diluído em bolsas de PVC, recomenda-se utilizar uma bolsa cheia, eliminar um volume do fluido de infusão e preenchê-la com o mesmo volume de Profolen®.     Preparar com assepsia3, imediatamente antes da administração. Utilizar dentro de 6 horas            
 Injeção5 de cloridrato de lidocaína (0,5% ou 1,0%) sem conservantes.    Misturar 20 partes de Profolen® com até 1 parte de injeção5 de cloridrato de lidocaína a 0,5% ou 1,0%.    Preparar com assepsia3, imediatamente antes da administração. Utilizar apenas na indução da anestesia4.    
Co-administração com equipo em Y    Infusão endovenosa de glicose2 5%.    Co-administrar através de um equipo em Y.    Colocar o conector em Y perto do local da injeção5.    
    Infusão endovenosa de cloreto de sódio 0,9%.    Conforme descrito acima.    Conforme descrito acima.    
    Infusão endovenosa  de glicose2 4% com cloreto de sódio 0,18%.    Conforme descrito acima.    Conforme descrito acima.    

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Seringa: Dispositivo usado para injetar medicações ou outros líquidos nos tecidos do corpo. A seringa de insulina é formada por um tubo plástico com um êmbolo e uma agulha pequena na ponta.
2 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
3 Assepsia: É o conjunto de medidas que utilizamos para impedir a penetração de micro-organismos em um ambiente que logicamente não os tem. Logo um ambiente asséptico é aquele que está livre de infecção.
4 Anestesia: Diminuição parcial ou total da sensibilidade dolorosa. Pode ser induzida por diferentes medicamentos ou ser parte de uma doença neurológica.
5 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.

Tem alguma dvida sobre MODO DE USAR E CUIDADOS DE ADMINISTRAÇÃO PROFOLEN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.