ADVERTÊNCIAS BONAR

Atualizado em 28/05/2016

Pacientes recebendo BONAR (sulfato de bleomicina) devem ser avaliados cuidadosa e freqüentemente durante e após a terapia. Deve ser utilizada com muito cuidado empacientes com comprometimento significante da função renal1 ou da função pulmonar.
Toxicidades pulmonares ocorrem em 10% dos pacientes tratados. Aproximadamente
1% de pneumonite2 não-específica induzida pela bleomicina progride para fibrose3
pulmonar e morte. Embora este fato seja dependente da idade e da dose, tal
toxicidade4 é imprevisível. Recomenda-se a realização de radiografias pulmonares
freqüentes.
Uma reação idiossincrática severa (semelhante à anafilaxia5) consistindo de hipotensão6, confusão mental, febre7, calafrios8 e respiração ruidosa foi relatada em
aproximadamente 1% dos pacientes com linfoma9 tratados com bleomicina. Como estas reações ocorrem freqüentemente após a primeira ou segunda administração, é
essencial a monitorização cuidadosa após estas doses. Tem sido relatado, embora
infreqüentemente, toxicidade4 renal1 ou hepática10, iniciando por deterioração nos testes
de função renal1 e hepática10.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
2 Pneumonite: Inflamação dos pulmões que compromete principalmente o espaço que separa um alvéolo de outro (interstício pulmonar). Pode ser produzida por uma infecção viral ou lesão causada por radiação ou exposição a diferentes agentes químicos.
3 Fibrose: 1. Aumento das fibras de um tecido. 2. Formação ou desenvolvimento de tecido conjuntivo em determinado órgão ou tecido como parte de um processo de cicatrização ou de degenerescência fibroide.
4 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
5 Anafilaxia: É um tipo de reação alérgica sistêmica aguda. Esta reação ocorre quando a pessoa foi sensibilizada (ou seja, quando o sistema imune foi condicionado a reconhecer uma substância como uma ameaça ao organismo). Na segunda exposição ou nas exposições subseqüentes, ocorre uma reação alérgica. Essa reação é repentina, grave e abrange o corpo todo. O sistema imune libera anticorpos. Os tecidos liberam histamina e outras substâncias. Esse mecanismo causa contrações musculares, constrição das vias respiratórias, dificuldade respiratória, dor abdominal, cãimbras, vômitos e diarréia. A histamina leva à dilatação dos vasos sangüíneos (que abaixa a pressão sangüínea) e o vazamento de líquidos da corrente sangüínea para os tecidos (que reduzem o volume de sangue) o que provoca o choque. Ocorrem com freqüência a urticária e o angioedema - este angioedema pode resultar na obstrução das vias respiratórias. Uma anafilaxia prolongada pode causar arritmia cardíaca.
6 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.
7 Febre: É a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. São aceitos como valores de referência indicativos de febre: temperatura axilar ou oral acima de 37,5°C e temperatura retal acima de 38°C. A febre é uma reação do corpo contra patógenos.
8 Calafrios: 1. Conjunto de pequenas contrações da pele e dos músculos cutâneos ao longo do corpo, muitas vezes com tremores fortes e palidez, que acompanham uma sensação de frio provocada por baixa temperatura, má condição orgânica ou ainda por medo, horror, nojo, etc. 2. Sensação de frio e tremores fortes, às vezes com bater de dentes, que precedem ou acompanham acessos de febre.
9 Linfoma: Doença maligna que se caracteriza pela proliferação descontrolada de linfócitos ou seus precursores. A pessoa com linfoma pode apresentar um aumento de tamanho dos gânglios linfáticos, do baço, do fígado e desenvolver febre, perda de peso e debilidade geral.
10 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIAS BONAR?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.