ADVERTÊNCIAS IMUNOGLOBULINA HUMANA ESPECÍFICA ANTI-HEPATITE B

Atualizado em 28/05/2016

Nenhum outro medicamento ou fluido deve ser adicionado a este produto, já que os efeitos sobre o mesmo ainda não foram claramente estabelecidos.

Imunoglobulina1 Humana Anti-Hepatite2 B e a vacina3 para Hepatite2 B devem ser administradas em seringas separadas e em locais de injeção4 diferentes.

O paciente deve ser observado por, pelo menos, 20 minutos após a injeção4.

No caso de choque5, o tratamento deve seguir as diretrizes para a terapia de choque5.

Suspeitas de reações alérgicas ou do tipo anafiláticas requerem que a injeção4 seja descontinuada imediatamente.

ESTE MEDICAMENTO NÃO DEVE SER UTILIZADO POR MULHERES GRÁVIDAS SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA.


USO EM IDOSOS, CRIANÇAS E OUTROS GRUPOS DE RISCO

Há evidências inadequadas de segurança na gravidez6 humana, mas imunoglobulinas7 intramusculares têm sido muito usadas durante a gravidez6 por muitos anos, sem prejuízos aparentes.

Nenhum estudo animal foi concluído.


A Imunoglobulina1 Humana Anti-Hepatite2 B deve ser administrada à gestante ou durante a amamentação8 apenas se claramente necessária.


A passagem transplacentária9 da Imunoglobulina1 Humana Anti-Hepatite2 B e a transferência de IgG através do leite materno podem ocorrer, contribuindo na passagem de anticorpos10 de proteção para a criança.


O risco/benefício da administração da Imunoglobulina1 Humana Anti-Hepatite2 B deve ser avaliado individualmente para cada caso.


Efeitos sobre a habilidade de dirigir e/ou operar máquinas

Não há evidências que o uso de Imunoglobulina1 Humana Anti-Hepatite2 B possa prejudicar a capacidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Imunoglobulina: Proteína do soro sanguíneo, sintetizada pelos plasmócitos provenientes dos linfócitos B como reação à entrada de uma substância estranha (antígeno) no organismo; anticorpo.
2 Hepatite: Inflamação do fígado, caracterizada por coloração amarela da pele e mucosas (icterícia), dor na região superior direita do abdome, cansaço generalizado, aumento do tamanho do fígado, etc. Pode ser produzida por múltiplas causas como infecções virais, toxicidade por drogas, doenças imunológicas, etc.
3 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
4 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
5 Choque: 1. Estado de insuficiência circulatória a nível celular, produzido por hemorragias graves, sepse, reações alérgicas graves, etc. Pode ocasionar lesão celular irreversível se a hipóxia persistir por tempo suficiente. 2. Encontro violento, com impacto ou abalo brusco, entre dois corpos. Colisão ou concussão. 3. Perturbação brusca no equilíbrio mental ou emocional. Abalo psíquico devido a uma causa externa.
6 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
7 Imunoglobulinas: Proteína do soro sanguíneo, sintetizada pelos plasmócitos provenientes dos linfócitos B como reação à entrada de uma substância estranha (antígeno) no organismo; anticorpo.
8 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
9 Transplacentária: Que atravessa a placenta ou que se processa através dela, por exemplo, as infecções transplacentárias.
10 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIAS IMUNOGLOBULINA HUMANA ESPECÍFICA ANTI-HEPATITE B?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.