POSOLOGIA E MODO DE USAR BROMETO DE IPRATRÓPIO

Atualizado em 28/05/2016

A dose deve ser adaptada conforme as necessidades do paciente,
o qual deve ser mantido sob supervisão médica durante o tratamento.
Adultos: 0,25 - 0,5mg /20 - 40gotas/1 - 2mL a cada 4 a 6 horas.
Crianças acima de 5 anos: 0,125 - 0,25mg/10 - 20gotas/ 0,5 - 1mL a cada 4 a 6 horas.
Crianças menores de 5 anos: a posologia deve ser adaptada a critério médico,
sendo que os estudos realizados demonstram ser a dose adequada a de 0,05 -
0,125mg/ 4 - 10gotas/0,2 - 0,5mL a cada 4 a 6 horas.
Este medicamento deve ser administrado via inalatória por nebulização1 da solução;
diluída em 3-5mL de solução salina (NaCl 0,9%), utilizando-se oxigênio ou ar
comprimido e inalada até esgotar a solução. A solução deve ser diluída sempre antes
de cada utilização; qualquer quantidade residual da solução deve ser eliminada. Este
medicamento pode ser combinado com um beta-2-agonista2 como o fenoterol na
inalação para o tratamento da crise aguda do broncoespasmo3.

Colocar o frasco na posição vertical e deixar gotejar a quantidade desejada.

-SUPERDOSE:

Até o momento não foram observados sintomas4 de superdose. Não é
de se esperar que ocorram sintomas4 anticolinérgicos de maior gravidade. Em caso de
suspeita de superdose procure orientação médica. Manifestações sistêmicas
menores do tipo anticolinérgicas podem ocorrer, como secura da boca5, distúrbios de
acomodação visual e taquicardia6.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Nebulização: Método utilizado para administração de fármacos ou fluidificação de secreções respiratórias. Utiliza um mecanismo vaporizador através do qual se favorece a penetração de água ou medicamentos na atmosfera bronquial.
2 Agonista: 1. Em farmacologia, agonista refere-se às ações ou aos estímulos provocados por uma resposta, referente ao aumento (ativação) ou diminuição (inibição) da atividade celular. Sendo uma droga receptiva. 2. Lutador. Na Grécia antiga, pessoa que se dedicava à ginástica para fortalecer o físico ou como preparação para o serviço militar.
3 Broncoespasmo: Contração do músculo liso bronquial, capaz de produzir estreitamento das vias aéreas, manifestado por sibilos no tórax e falta de ar. É uma contração vista com freqüência na asma.
4 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
5 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
6 Taquicardia: Aumento da frequência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações.

Tem alguma dúvida sobre POSOLOGIA E MODO DE USAR BROMETO DE IPRATRÓPIO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.