CARBOPLATINA/VACINAS, VÍRUS MORTOS BIOCARBO

Atualizado em 28/05/2016
Devido
ao fato da terapia com carboplatina suprimir os
mecanismos de defesa normais do organismo, a
resposta dos anticorpos1 à vacina2 pode estar
diminuída. O intervalo entre a descontinuação da
medicação imunossupressora e a restauração da
capacidade do paciente em responder à vacina2
Importado e embalado por:
LABORATÓRIOS BIOSINTÉTICA LTDA.
Av. das Nações Unidas, 22.428
São Paulo - SP
CNPJ nº 53.162.095/0001-06
Indústria Brasileira
Atendimento ao Consumidor: 0800-15-1036
Alumínio reage com a carboplatina formando precipitados
e levando à perda da potência; portanto, agulhas
ou instrumentos de uso intravenosos contendo
partes em alumínio que possam entrar em contato com
a droga não devem ser usados para preparação ou
administração de carboplatina
Como em toda preparação de solução citotóxica, certas
precauções especiais devem ser seguidas para segurança
no manuseio e descarte:
•  A preparação da droga deverá ser feita em área restrita;
o ideal é manipulá-la em um fluxo laminar vertical identificado
(Biologycal Safety Cabinet - Class II). A superfície
de trabalho deverá estar coberta com plástico descartável
revestida por papel absorvente
•  Devem ser utilizadas roupas protetoras adequadas, tais
como: luvas descartáveis, óculos de segurança, vestimentas
e máscaras descartáveis. Em caso de contato
com os olhos3, lavar com grande quantidade de água ou
solução fisiológica4.
•  Todos os instrumentos e seringas a serem usados devem
possuir acessórios Luer-Lock. Uma possível formação
de aerossóis pode ser reduzida pelo uso de agulhas de
largo calibre e/ou agulhas hipodérmicas com abertura
de escape.
Dosagem
* Carcinoma5 ovariano avançado:
a) Tratamento inicial
Em pacientes com carcinoma5 ovariano avançado, a carboplatina
em combinação com outras drogas é recomendada
na dose de 300 mg/m2 I.V., no 11 dia de cada 4
semanas por 6 ciclos.
b) Tratamento secundário
A carboplatina, como monoterapia, tem sido eficaz em
pacientes com carcinoma5 ovariano. A dosagem recomendada
é de 360 mg/m2 I.V. , recorrência6 no 11 dia de cada
4 semanas.
* Metástase7 de carcinoma5 de pequenas células8 do pulmão9:
A dose recomendada é de 400mg/m2, dose única I.V,
administrada por infusão rápida, por curto período de
tempo (15 - 60 min.). A terapia não pode ser repetida antes
de 4 semanas após o tratamento prévio com carboplatina.
O uso ideal em combinação com outros agentes mielossupressores
requer ajuste de dose de acordo com a dieta e
esquema posológico adotado.
Ajuste de dosagem
Recomenda-se uma redução inicial na dose de 20 a 25%,
quando os pacientes apresentam fatores de risco, como
tratamento mielossupressor prévio e capacidade física
diminuída (ECOG-Zubrod -4 ou Karnofsky abaixo de 80%).
Recomenda-se determinar o nadir hematológico semanalmente
para reajuste posológico futuro.
Pacientes com Disfunção Renal10
Pacientes com clearance de creatinina11 abaixo de 60mL/
min apresentam maior risco de supressão severa da medula12
óssea. E em pacientes com lesão13 renal10 que receberam
terapia única com carboplatina, a incidência14 de
leucopenia15, neutropenia16 ou trombocitopenia17 severas tem
sido em torno de 25% quando foram utilizadas modificações
de dosagem, conforme tabela abaixo:
Clearance de Dose inicial
creatinina11 basal recomendada
41-59 mL/min 250 mg/m5
16-40 mL/min 200 mg/m5
Recomenda-se que estas doses sejam aplicadas para
início de tratamento. As doses subsequentes podem ser
ajustadas de acordo com a tolerância do paciente, baseadas
no grau da supressão da medula óssea18.
Em geral, ciclos intermitentes19 de carboplatina não devem
ser repetidos até que a contagem de neutrófilos20 seja no
mínimo 2.000 células8/mm3 e a de plaquetas21, 100.000 células8/
mm3.
Reconstituição da carboplatina
Imediatamente antes do uso, o conteúdo do frasco-ampola
deve ser diluído em água destilada, glicose22 5% ou soro23
fisiológico24 0,9%, com concentração final de 10mg/mL. A
BIOCARBO (carboplatina) pode ser diluída até concentrações
de 0,5 mg/mL.
A solução resultante também é estável por até 12 horas
quando em temperatura ambiente e protegida da luz, e
por 36 horas quando armazenada em refrigerador.
Frasco-ampola Volume de diluição
50 mg 5 mL
150 mg 15 mL
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.
2 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
3 Olhos:
4 Fisiológica: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
5 Carcinoma: Tumor maligno ou câncer, derivado do tecido epitelial.
6 Recorrência: 1. Retorno, repetição. 2. Em medicina, é o reaparecimento dos sintomas característicos de uma doença, após a sua completa remissão. 3. Em informática, é a repetição continuada da mesma operação ou grupo de operações. 4. Em psicologia, é a volta à memória.
7 Metástase: Formação de tecido tumoral, localizada em um lugar distante do sítio de origem. Por exemplo, pode se formar uma metástase no cérebro originário de um câncer no pulmão. Sua gravidade depende da localização e da resposta ao tratamento instaurado.
8 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
9 Pulmão: Cada um dos órgãos pareados que ocupam a cavidade torácica que tem como função a oxigenação do sangue.
10 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
11 Creatinina: Produto residual das proteínas da dieta e dos músculos do corpo. É excretada do organismo pelos rins. Uma vez que as doenças renais progridem, o nível de creatinina aumenta no sangue.
12 Medula: Tecido mole que preenche as cavidades dos ossos. A medula óssea apresenta-se de dois tipos, amarela e vermelha. A medula amarela é encontrada em cavidades grandes de ossos grandes e consiste em sua grande maioria de células adiposas e umas poucas células sangüíneas primitivas. A medula vermelha é um tecido hematopoiético e é o sítio de produção de eritrócitos e leucócitos granulares. A medula óssea é constituída de um rede, em forma de treliça, de tecido conjuntivo, contendo fibras ramificadas e preenchida por células medulares.
13 Lesão: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
14 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
15 Leucopenia: Redução no número de leucócitos no sangue. Os leucócitos são responsáveis pelas defesas do organismo, são os glóbulos brancos. Quando a quantidade de leucócitos no sangue é inferior a 6000 leucócitos por milímetro cúbico, diz-se que o indivíduo apresenta leucopenia.
16 Neutropenia: Queda no número de neutrófilos no sangue abaixo de 1000 por milímetro cúbico. Esta é a cifra considerada mínima para manter um sistema imunológico funcionando adequadamente contra os agentes infecciosos mais freqüentes. Quando uma pessoa neutropênica apresenta febre, constitui-se uma situação de “emergência infecciosa”.
17 Trombocitopenia: É a redução do número de plaquetas no sangue. Contrário de trombocitose. Quando a quantidade de plaquetas no sangue é inferior a 150.000/mm³, diz-se que o indivíduo apresenta trombocitopenia (ou plaquetopenia). As pessoas com trombocitopenia apresentam tendência de sofrer hemorragias.
18 Medula Óssea: Tecido mole que preenche as cavidades dos ossos. A medula óssea apresenta-se de dois tipos, amarela e vermelha. A medula amarela é encontrada em cavidades grandes de ossos grandes e consiste em sua grande maioria de células adiposas e umas poucas células sangüíneas primitivas. A medula vermelha é um tecido hematopoiético e é o sítio de produção de eritrócitos e leucócitos granulares. A medula óssea é constituída de um rede, em forma de treliça, de tecido conjuntivo, contendo fibras ramificadas e preenchida por células medulares.
19 Intermitentes: Nos quais ou em que ocorrem interrupções; que cessa e recomeça por intervalos; intervalado, descontínuo. Em medicina, diz-se de episódios de febre alta que se alternam com intervalos de temperatura normal ou cujas pulsações têm intervalos desiguais entre si.
20 Neutrófilos: Leucócitos granulares que apresentam um núcleo composto de três a cinco lóbulos conectados por filamenos delgados de cromatina. O citoplasma contém grânulos finos e inconspícuos que coram-se com corantes neutros.
21 Plaquetas: Elemento do sangue (não é uma célula porque não apresenta núcleo) produzido na medula óssea, cuja principal função é participar da coagulação do sangue através da formação de conglomerados que tamponam o escape do sangue por uma lesão em um vaso sangüíneo.
22 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
23 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
24 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.

Tem alguma dúvida sobre CARBOPLATINA/VACINAS, VÍRUS MORTOS BIOCARBO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.