PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS VITACID GEL

Atualizado em 28/05/2016
Farmacodinâmica: O exato mecanismo de ação da tretinoína não está claramente elucidado. Uma possível hipótese é a alteração da expressão gênica, causando alteração na síntese protéica. A tretinoína se difunde através das membranas celulares e liga-se com receptores citoplasmáticos específicos que, por sua vez, entram no núcleo celular e ligam-se ao DNA. Dependendo do tecido1 inicia-se o processo de transcrição que resulta em síntese de proteína, porém uma transrepressão pode ocorrer. Esta transrepressão não pode ativar os fatores de transcrição do gene resultando na supressão de sua expressão e não síntese protéica.
Ação anti-acne2 e queratolítica: Há estímulo do processo de transcrição com aumento das mitoses celulares epidérmicas e turnover celular.
O aumento da permeabilidade3 da pele4 causa perda de água e enfraquece a camada córnea5, facilitando o processo de descamação6. Isso contribui para a remoção dos comedões existentes e pode inibir a formação de novos comedões, além de previnir a formação de tampões queratinosos no folículo7. A tretinoína também suprime a síntese da queratina.
Ação no fotodano/fotoenvelhecimento: O pré-tratamento da pele4 tratada com tretinoína inibe a estimulação do fator do gene de transcrição AP-I. Isto bloqueia a produção das melanoproteinases, enzimas produzidas sob a ação solar, que são responsáveis pela remoção das células8 que possam ter sido lesadas pela radiação U.V.. A tretinoína também aumenta o crescimento e diferenciação de várias células8 epiteliais, glicosaminoglicanas, número das fibrinas de ancoragem no extrato córneo e melhora as alterações epidérmicas displásicas. Alguns estudos demonstram um aumento da síntese de colágeno9.
Ação despigmentante/manchas de pele4: A tretinoína inibe a melanogênese. O clareamento ocorre porque ela reduz o conteúdo epidérmico da melanina10, compacta o extrato córneo e espessa a epiderme11.
Não há alterações no número ou tamanho do melanócito.
Farmacocinética:
Absorção sistêmica: Até 8% de uma dose administrada de uma formulação não aquosa pode ser absorvida sistemicamente após aplicações repetidas por 10 dias. Somente 1,41% da dose administrada é absorvida para o uso de formulações aquosas. A absorção pode ser aumentada com a aplicação em grandes áreas ou por longo período de tempo nas dermatoses crônicas extensas.
Duração de ação: Embora gradual, a maioria dos pacientes demonstram alguma melhora dentro de 6 a 7 semanas na acne2 e 24 semanas no tratamento do fotoenvelhecimento.
Eliminação: Renal12: 4,45% da dose aplicada. Biliar: 1,5% da dose aplicada.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.
2 Acne: Doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. As lesões começam a surgir na puberdade, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos. Os cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.
3 Permeabilidade: Qualidade dos corpos que deixam passar através de seus poros outros corpos (fluidos, líquidos, gases, etc.).
4 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
5 Camada córnea: A camada córnea é uma das cinco camadas que compõem a epiderme. Ela é constituída por células mortas, sem núcleo, achatadas e em forma de lâminas. Estas lâminas se sobrepõem formando uma estrutura rígida e hidrófila, com função de proteção contra agentes físicos, químicos e biológicos, além de impedir a evaporação de água. Nesta camada, ocorre o desprendimento constante dos queratinócitos e com renovação constante da epiderme.
6 Descamação: 1. Ato ou efeito de descamar(-se); escamação. 2. Na dermatologia, fala-se da eliminação normal ou patológica da camada córnea da pele ou das mucosas. 3. Formação de cascas ou escamas, devido ao intemperismo, sobre uma rocha; esfoliação térmica.
7 Folículo: 1. Bolsa, cavidade em forma de saco. 2. Fruto simples, seco e unicarpelar, cuja deiscência se dá pela sutura que pode conter uma ou mais sementes (Ex.: fruto da magnólia).
8 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
9 Colágeno: Principal proteína fibrilar, de função estrutural, presente no tecido conjuntivo de animais.
10 Melanina: Cada uma das diversas proteínas de cor marrom ou preta, encontrada como pigmento em vegetais e animais.
11 Epiderme: Camada superior ou externa das duas camadas principais da pele.
12 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.

Tem alguma dúvida sobre PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS VITACID GEL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.