INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS AZITROMICINA

Atualizado em 28/05/2016

TEOFILINA: NÃO HÁ EVIDÊNCIA DE QUALQUER INTERAÇÃO FARMACOCINÉTICA QUANDO
AZITROMICINA E TEOFILINA SÃO CO-ADMINISTRADAS EM VOLUNTÁRIOS SADIOS.
VARFARINA: EM UM ESTUDO DE INTERAÇÃO FARMACOCINÉTICA, A AZITROMICINA NÃO ALTEROU O EFEITO ANTICOAGULANTE1 DE UMA DOSE ÚNICA DE 15 MG DE VARFARINA QUANDO ADMINISTRADA A VOLUNTÁRIOS SADIOS. AZITROMICINA E VARFARINA PODEM SER CO-ADMINISTRADAS, MAS A MONITORIZAÇÃO ROTINEIRA DO TEMPO DE PROTROMBINA2 DEVERÁ SER REALIZADA.
CARBAMAZEPINA: EM UM ESTUDO DE INTERAÇÃO FA RMACOCINÉTICA EM VOLUNTÁRIOS SADIOS, NÃO FORAM OBSERVADOS EFEITOS SIGNIFICANTES NOS NÍVEIS PLASMÁTICOS DA CARBAMAZEPINA OU SEUS METABÓLITOS3 ATIVOS EM PACIENTES QUE RECEBERAM AZITROMICINA CONCOMITANTEMENTE.
ERGÔ: A POSSIBILIDADE TEÓRICA DE ERGOTISMO CONTRAINDICA O USO CONCOMITANTE DE AZITROMICINA COM DERIVADOS DO ERGÔ (VIDE ITEM " PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS" ).
CICLOSPORINA: NA AUSÊNCIA DE DADOS CONCLUSIVOS DE ESTUDOS FARMACOCINÉTICOS OU CLÍNICOS INVESTIGANDO A INTERAÇÃO POTENCIAL ENTRE AZITROMICINA E CICLOSPORINA, DEVE-SE TER CUIDADO QUANDO SE UTILIZAR ESTAS DROGAS CONCOMITANTEMENTE. SE FOR NECESSÁRIA A CO-ADMINISTRAÇÃO DESSAS DROGAS, OS NÍVEIS DE CICLOSPORINA DEVEM SER MONITORADOS E A DOSE DEVE SER AJUSTADA DE ACORDO.
DIGOXINA: TEM SIDO RELATADO QUE ALGUNS ANTIBIÓTICOS MACROLÍDEOS PODEM PREJUDICAR O METABOLISMO4 DA DIGOXINA (NO INTESTINO) EM ALGUNS PACIENTES. EM PACIENTES QUE ESTEJAM RECEBENDO AZITROMICINA (UM ANTIBIÓTICO AZALÍDEO) E DIGOXINA CONCOMITANTEMENTE, A POSSIBILIDADE DE UM AUMENTO NOS NÍVEIS DE DIGOXINA DEVE SER CONSIDERADA.
ANTIÁCIDOS5: UM ESTUDO DE FARMACOCINÉTICA AVALIOU OS EFEITOS DA ADMINISTRAÇÃO SIMULTÂNEA DE AZITROMICINA E ANTIÁCIDOS5, NÃO SENDO OBSERVADO QUALQUER EFEITO NA BIODISPONIBILIDADE TOTAL EMBORA O PICO DE CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA FOSSE REDUZIDO EM ATÉ 30%. EM PACIENTES QUE ESTEJAM RECEBENDO AZITROMICINA E ANTIÁCIDOS5, OS MESMOS NÃO DEVEM SER ADMINISTRADOS SIMULTANEAMENTE.
CIMETIDINA: FOI REALIZADO UM ESTUDO DE FARMACOCINÉTICA PARA AVALIAR OS EFEITOS DE DOSE ÚNICA DE CIMETIDINA ADMINISTRADA DUAS HORAS ANTES DA AZITROMICINA. NESTE ESTUDO NÃO FORAM OBSERVADAS QUAISQUER ALTERAÇÕES NA FARMACOCINÉTICA DA AZITROMICINA.
METILPREDNISOLONA: EM UM ESTUDO DE INTERAÇÃO FARMACOCINÉTICA EM VOLUNTÁRIOS SADIOS, A AZITROMICINA NÃO PRODUZIU NENHUM EFEITO SIGNIFICANTE NA FARMACOCINÉTICA DA METILPREDNISOLONA.
ZIDOVUDINA: FOI REALIZADO UM ESTUDO PRELIMINAR PARA AVALIAR A FARMACOCINÉTICA E TOLERABILIDADE DA AZITROMICINA EM PACIENTES HIV6 POSITIVOS TRATADOS COM ZIDOVUDINA ONDE OS MESMOS RECEBERAM 1 G SEMANAL DE AZITROMICINA DURANTE CINCO SEMANAS. NÃO FORAM OBSERVADOS EFEITOS ESTATISTICAMENTE SIGNIFICANTES NOS PARÂMETROS FARMACOCINÉTICOS DA ZIDOVUDINA OU DE SEU METABÓLITO7 GLICURONÍDEO. A ÚNICA DIFERENÇA ESTATISTICAMENTE SIGNIFICANTE OBSERVADA NA FARMACOCINÉTICA DA AZITROMICINA FOI UMA REDUÇÃO DO TEMPO PARA ALCANÇAR A CONCENTRAÇÃO MÁXIMA, QUANDO OS NÍVEIS DO PRIMEIRO E ÚLTIMO DIA FORAM COMPARADOS.
TERFENADINA: ESTUDOS FARMACOCINÉTICOS NÃO DEMONSTRARAM NENHUMA EVIDÊNCIA DE INTERAÇÃO ENTRE A AZITROMICINA E A TERFENADINA. FORAM RELATADOS RAROS CASOS ONDE A POSSIBILIDADE DESSA INTERAÇÃO NÃO PODERIA SER TOTALMENTE EXCLUÍDA; CONTUDO, NÃO EXISTEM EVIDÊNCIAS CONSISTENTES DE QUE TAL INTERAÇÃO TENHA OCORRIDO.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Anticoagulante: Substância ou medicamento que evita a coagulação, especialmente do sangue.
2 Protrombina: Proteína plasmática inativa, é a precursora da trombina e essencial para a coagulação sanguínea.
3 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
4 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
5 Antiácidos: É uma substância que neutraliza o excesso de ácido, contrariando o seu efeito. É uma base que aumenta os valores de pH de uma solução ácida.
6 HIV: Abreviatura em inglês do vírus da imunodeficiência humana. É o agente causador da AIDS.
7 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.

Tem alguma dvida sobre INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS AZITROMICINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.