REAÇÕES ADVERSAS BROMAZEPAM

Atualizado em 28/05/2016

EM DOSES TERAPÊUTICAS, BROMAZEPAM É BEM TOLERADO. CANSAÇO, SONOLÊNCIA E, EM RAROS CASOS, RELAXAMENTO MUSCULAR, PODEM OCORRER QUANDO SE USAM ALTAS DOSES. ESTES SINTOMAS1 DESAPARECEM COM A REDUÇÃO DA DOSE.
EMBORA NÃO EXISTAM EVIDÊNCIAS DE EFEITOS TÓXICOS HEMATOLÓGICOS OU AFETANDO A FUNÇÃO HEPÁTICA2 OU RENAL3, RECOMENDA-SE, NOS TRATAMENTOS PROLONGADOS, CONTROLE DO HEMOGRAMA E DA FUNÇÃO HEPÁTICA2.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
3 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.

Tem alguma dúvida sobre REAÇÕES ADVERSAS BROMAZEPAM?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.