REAÇÕES ADVERSAS A MEDICAMENTOS DICLORIDRATO DE LEVOCETIRIZINA

Atualizado em 28/05/2016

Os efeitos adversos são de natureza leve a moderados, sendo os mais freqüentemente descritos: secura da boca1, dor de cabeça2, fadiga3 e sonolência.

Observaram-se outras reações adversas pouco freqüentes, como astenia4 ou dor abdominal e constipação5. Em casos raros, foram observados reação de hipersensibilidade e angioedema6.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
2 Cabeça:
3 Fadiga: 1. Sensação de enfraquecimento resultante de esforço físico. 2. Trabalho cansativo. 3. Redução gradual da resistência de um material ou da sensibilidade de um equipamento devido ao uso continuado.
4 Astenia: Sensação de fraqueza, sem perda real da capacidade muscular.
5 Constipação: Retardo ou dificuldade nas defecações, suficiente para causar desconforto significativo para a pessoa. Pode significar que as fezes são duras, difíceis de serem expelidas ou infreqüentes (evacuações inferiores a três vezes por semana), ou ainda a sensação de esvaziamento retal incompleto, após as defecações.
6 Angioedema: Caracteriza-se por áreas circunscritas de edema indolor e não-pruriginoso decorrente de aumento da permeabilidade vascular. Os locais mais acometidos são a cabeça e o pescoço, incluindo os lábios, assoalho da boca, língua e laringe, mas o edema pode acometer qualquer parte do corpo. Nos casos mais avançados, o angioedema pode causar obstrução das vias aéreas. A complicação mais grave é o inchaço na garganta (edema de glote).

Tem alguma dúvida sobre REAÇÕES ADVERSAS A MEDICAMENTOS DICLORIDRATO DE LEVOCETIRIZINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.