REAÇÕES ADVERSAS ATENSINA

Atualizado em 18/05/2016

Reações adversas são, em geral, diretamente relacionáveis às doses empregadas. Sobretudo no início do tratamento podem ocorrer secura da boca1 e sensação e cansaço, que tem a desaparecer com a continuação da terapêutica2. Distúrbios ortostático podem surgir, especialmente quando doses elevadas são utilizadas pela primeira vez. Em casos raros ATENSINA pode provocar reações centrais como obnubilação e vertigem3. Muito raramente, mencionam-se obstipação4, transtornos do sono da potência e distúrbios circulatórios. Apenas em casos excepcionais e (ou) com o uso de altas doses, foram referidas reações de hipersensibilidade, transtornos da percepção, pesadelo, ginecomastia5, dores das glândulas parótidas6, estado de depressão, secura da mucosa7 nasal diminuição da lacrimação.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
2 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
3 Vertigem: Alucinação de movimento. Pode ser devido à doença do sistema de equilíbrio, reação a drogas, etc.
4 Obstipação: Prisão de ventre ou constipação rebelde.
5 Ginecomastia: Aumento anormal de uma ou ambas as glândulas mamárias no homem. Associa-se a diferentes enfermidades como cirrose, tumores testiculares, etc. Em certas ocasiões ocorrem de forma idiopática.
6 Glândulas parótidas: A maior das três glândulas salivares pares, situada atrás do arco ascendente do maxilar inferior, sob a orelha.
7 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.

Tem alguma dúvida sobre REAÇÕES ADVERSAS ATENSINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.