PROPRIEDADES TOXICOLÓGICAS ALBOCRESIL

Atualizado em 18/05/2016

O policresuleno não demonstra efeito tóxico após aplicação local, como tem sido observado durante mais de 50 anos de experiência clínica.

Toxicidade1 aguda

A toxicidade1 aguda determinada foi de 360 mg/ kg para administração intravenosa e de 2.400 mg/ kg para administração oral em camundongos, e de 400 mg/ kg para administração intravenosa e 3.500 mg/ kg para administração oral em ratos.
A DL50 nos camundongos é 200 vezes maior que a dose posológica em seres humanos, e a de ratos é 300 vezes maior que esta dose.

Toxicidade1 crônica

Em ratos, após 3 meses de tratamento com doses 40 vezes maiores que as doses em humanos e em cães, com doses 9 vezes maiores que em seres humanos, nenhum sinal2 de toxicidade1 específica à substância foi verificada.
A tolerabilidade dérmica do policresuleno foi investigada em estudos com o uso da pele3 depilada do dorso4 de camundongos. O policresuleno aplicado localmente em várias concentrações (4%, 11% e 36 %), por um período de 10 a 14 dias, causou somente um caso de vermelhidão passageira, que persistiu até após a terceira aplicação.

Toxicidade1 na reprodução5

Estudos em ratas e coelhas prenhas demonstrou que a substância não tem efeitos embriotóxicos ou teratogênicos6.

Mutagenicidade/ carcinogenicidade

Não há disponibilidade de estudos de carcinogenicidade.
A investigação de mutagenicidade (teste Ames) foi negativa.
Nenhuma propriedade mutagênica ou carcinogênica foi detectada durante os vários anos de uso terapêutico do policresuleno.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
2 Sinal: 1. É uma alteração percebida ou medida por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida. 2. Som ou gesto que indica algo, indício. 3. Dinheiro que se dá para garantir um contrato.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
4 Dorso: Face superior ou posterior de qualquer parte do corpo. Na anatomia geral, é a região posterior do tronco correspondente às vértebras; costas.
5 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
6 Teratogênicos: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.