INFORMAÇÃO AO PACIENTE FORADIL AEROSOL

Atualizado em 25/05/2016

Instruções de uso e manuseio:FORADIL deve ser conservado em local fresco, protegido do calor e da exposição direta à luz do sol. O produto não deve ser mantido em refrigerador, após a primeira utilização, pois o mesmo deve estar à temperatura ambiente para seu uso. O frasco de aerosol não deve ser perfurado ou colocado no fogo, mesmo após esgotado seu conteúdo. O prazo de validade está impresso no cartucho. Não utilizar o produto após a data de validade.
Para assegurar a correta administração do medicamento, o paciente deve ser orientado por seu médico ou um profissional de saúde1 sobre o uso de aerosóis com dosador. FORADIL pode ser também utilizado juntamente com um espaçador.
Uso em crianças: FORADIL Aerosol deve ser aplicado em crianças sob supervisão de um adulto e de acordo com a recomendação médica. O uso de FORADIL Aerosol em crianças depende de sua habilidade individual de utilizar o inalador corretamente (incluindo-se a técnica de inalação).
O frasco deve ser agitado antes do uso. Antes de se utilizar um novo inalador ou se o inalador ficou sem uso por mais de uma semana, um jato deve ser liberado no ar antes de seu uso.
Técnica de inalação:
1- Remova a tampa de proteção do bocal.
2- Segure o frasco do aerosol em posição vertical, conforme indicado na figura, e agite-o bem.
3- Expire normalmente. Depois posicione o bocal do inalador entre os lábios, ajustando-os bem à peça.
4- Comece a inspirar devagar através da boca2 e, imediatamente, pressione firmemente o inalador entre o indicador e o polegar, enquanto estiver ainda inspirando profunda e constantemente. Prenda a respiração por ao menos 10 segundos, ou pelo máximo tempo que você puder, se esse tempo for muito longo.
A tampa de proteção deve ser recolocada após o uso. FORADIL Aerosol pode também ser utilizado com um espaçador. Consulte seu médico para maiores informações.
Limpeza:
O inalador deve ser limpo regularmente; para tanto observe o seguinte procedimento:
1 - Retirar o frasco metálico do inalador plástico e remover a tampa do bocal.
2 - Enxaguar o corpo plástico e a tampa com água morna. Um detergente suave pode ser adicionado à água mas, nesse caso, deve-se proceder  a um enxágue final com água limpa.
3 - Deixar secar naturalmente e não colocar em local aquecido.
4 - Recolocar o frasco no inalador plástico.
Medição do conteúdo do frasco:
Para evitar que se fique sem medicação, é possível avaliar o volume ainda restante no frasco durante seu tempo de utilização. Para tanto, basta colocar o frasco de FORADIL Aerosol em um copo com água, conforme indicado na figura. Dependendo da maneira como o frasco ficar na água, pode-se avaliar o volume de medicamento restante:
Fig. 1: Frasco vazio. Fig. 2: Frasco contendo cerca de metade do conteúdo inicial (restam cerca de 25 aplicações). Fig. 3: Frasco vazio ou praticamente vazio.             (figura da página 6)    

- Informações gerais:
A ação broncodilatadora de FORADIL tem início num período de 1 a 3 minutos após a inalação e permanece por aproximadamente 12 horas.
Informe ao seu médico se estiver grávida, amamentando ou se ocorrer gravidez3 durante o tratamento.
Siga corretamente as instruções do médico quanto ao uso do produto, não interrompendo ou modificando o tratamento sem antes consultá-lo.
FORADIL é geralmente bem tolerado. Porém, podem ocorrer ocasionalmente reações desagradáveis, tais como tremores, aceleração e irregularidade do batimento do coração4 ou dores de cabeça5; raramente podem ocorrer câimbras6 e dores musculares, agitação, tonturas7, nervosismo ou cansaço, dificuldade para dormir, irritação na boca2 ou na garganta8 e broncoespasmo9. Alguns desses efeitos desaparecem no decorrer do tratamento. Caso ocorra qualquer reação, avise ao seu médico: ele lhe dará a orientação adequada.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Antes do início do tratamento com FORADIL, o paciente deve informar ao médico se está tomando qualquer outro medicamento. O paciente não deve tomar outro medicamento juntamente com FORADIL, sem orientação ou conhecimento do médico.
Contra-indicações: Alergia10 ao produto.
Precauções: Antes de iniciar o tratamento com FORADIL, o paciente deve informar ao médico se tem problemas de coração4, diabetes11 ou problemas de tireóide. Se o alívio na dificuldade de respiração não for adequado ou se perdurar por períodos menores do que o usual, o paciente deve entrar em contato com o médico, o mais breve possível.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE1.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
5 Cabeça:
6 Câimbras: Contrações involuntárias, espasmódicas e dolorosas de um ou mais músculos.
7 Tonturas: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
8 Garganta: Tubo fibromuscular em forma de funil, que leva os alimentos ao ESÔFAGO e o ar à LARINGE e PULMÕES. Situa-se posteriormente à CAVIDADE NASAL, à CAVIDADE ORAL e à LARINGE, extendendo-se da BASE DO CRÂNIO à borda inferior da CARTILAGEM CRICÓIDE (anteriormente) e à borda inferior da vértebra C6 (posteriormente). É dividida em NASOFARINGE, OROFARINGE e HIPOFARINGE (laringofaringe).
9 Broncoespasmo: Contração do músculo liso bronquial, capaz de produzir estreitamento das vias aéreas, manifestado por sibilos no tórax e falta de ar. É uma contração vista com freqüência na asma.
10 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
11 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.