INDICAÇÕES AMPICILINA SODICA

Atualizado em 20/09/2017
AMPICILINA SODICA E INDICADA PARA O TRATAMENTO DAS SEGUINTES INFECCOES1 DEVIDO A CEPAS2 SENSIVEIS DE BACTERIAS GRAM-POSITIVAS E GRAM-NEGATIVAS. INFECCOES1 DO TRATO RESPIRATORIO. MENINGITE3 BACTERIANA (A ADICAO DE UM AMINOGLICOSIDEO PODE AUMENTAR A EFICACIA DA AMPICILINA, EM PARTICULAR, CONTRA AS BACTERIAS GRAM-NEGATIVAS). SEPTICEMIA4 E ENDOCARDITE5 (A ADICAO DE UM AMINOGLICOSIDEO PODE AUMENTAR A EFICACIA DA AMPICILINA QUANDO TRATANDO ENDOCARDITE5 ENTEROCOCAL). INFECCOES1 DO TRATO URINARIO6. INFECCOES1 GASTRINTESTINAIS. DEVEM SER REALIZADOS ESTUDOS DE BACTERIOLOGIA PARA DETERMINAR OS ORGANISMOS CAUSADORES E SUA SENSIBILIDADE A AMPICILINA. A TERAPIA PODE SER INSTITUIDA PREVIAMENTE A OBTENCAO DOS RESULTADOS DOS TESTES DE SENSIBILIDADE. AMPICILINA SODICA DEVE SER USADA PARA INFECCOES1 MODERADAMENTE SEVERAS E SEVERAS, ISTO E, MENINGITE3 BACTERIANA, SEPTICEMIA4, ENDOCARDITE5, ETC, E PARA PACIENTES7 QUE NAO POSSA TOMAR AS FORMAS ORAIS. NA PRESENCA DE CHOQUE8, A ABSORCAO NOS SITIOS INTRAMUSCULARES E REDUZIDA; DEVE-SE LEVAR EM CONSIDERACAO, PARA O TRATAMENTO DE PACIENTES SEVERAMENTE DOENTES, A VIA INTRAVENOSA. UMA MUDANCA DO TRATAMENTO POR VIA PARENTERAL PARA A VIA ORAL, PODE SER REALIZADA TAO LOGO QUANTO POSSIVEL.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Cepas: Cepa ou estirpe é um termo da biologia e da genética que se refere a um grupo de descendentes com um ancestral comum que compartilham semelhanças morfológicas e/ou fisiológicas.
3 Meningite: Inflamação das meninges, aguda ou crônica, quase sempre de origem infecciosa, com ou sem reação purulenta do líquido cefalorraquidiano. As meninges são três membranas superpostas (dura-máter, aracnoide e pia-máter) que envolvem o encéfalo e a medula espinhal.
4 Septicemia: Septicemia ou sepse é uma infecção generalizada grave que ocorre devido à presença de micro-organismos patogênicos e suas toxinas na corrente sanguínea. Geralmente ela ocorre a partir de outra infecção já existente.
5 Endocardite: Inflamação aguda ou crônica do endocárdio. Ela pode estar preferencialmente localizada nas válvulas cardíacas (endocardite valvular) ou nas paredes cardíacas (endocardite parietal). Pode ter causa infecciosa ou não infecciosa.
6 Trato Urinário:
7 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
8 Choque: 1. Estado de insuficiência circulatória a nível celular, produzido por hemorragias graves, sepse, reações alérgicas graves, etc. Pode ocasionar lesão celular irreversível se a hipóxia persistir por tempo suficiente. 2. Encontro violento, com impacto ou abalo brusco, entre dois corpos. Colisão ou concussão. 3. Perturbação brusca no equilíbrio mental ou emocional. Abalo psíquico devido a uma causa externa.

Tem alguma dvida sobre INDICAÇÕES AMPICILINA SODICA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.