USO DURANTE A GRAVIDEZ E NO ALEITAMENTO ARTRODAR

Atualizado em 25/05/2016

ARTRODAR® apesar de não terem sido detectados efeitos teratogênicos1 em animais, é aconselhável não administrá-lo durante a gravidez2 e lactação3.
Posologia e Modo de Usar: Adultos: usar 50 a 100 mg ao dia de  ARTRODAR®,  durante as refeições. Recomenda-se que uma  cápsula  de ARTRODAR®seja ingerida, diariamente,  nas primeiras 2 semanas de uso, seguidas por 2  cápsulas diárias,  em período não inferior  a  06 (seis)  meses. Segundo critério médico, o tratamento poderá estender-se por  ciclos  mais longos. A  ação  antiálgica  de ARTRODAR+ manifesta-se  de  2  a  4 semanas  do início  do  tratamento,  tornando-se necessário neste período,  o emprego de drogas analgésicas e antiinflamatórias.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Teratogênicos: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.

Tem alguma dúvida sobre USO DURANTE A GRAVIDEZ E NO ALEITAMENTO ARTRODAR?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.