INFORMAÇÕES TÉCNICAS LITOCIT

Atualizado em 25/05/2016

Modo de ação:
Quando o LITOCIT® (citrato de potássio) é administrado oralmente, o metabolismo1 do citrato absorvido produz uma carga de alcalinidade. A carga de alcalinidade induzida, por sua vez, aumenta o pH urinário, o que impede a formação de cálculos renais. O citrato de potássio é metabolizado a bicarbonato, o qual aumenta o pH urinário, aumentando a excreção de íons2 bicarbonato livres, sem produzir alcalose3 sistêmica, quando administrado nas doses recomendadas. O aumento do pH da urina4 aumenta a solubilidade de cistina na urina4 e a ionização do ácido úrico a íon5 urato, mais solúvel. Mantendo a urina4 alcalina, pode completar-se a dissolução real dos cálculos de ácido úrico.
O metabolismo1 do citrato de potássio absorvido aumenta o pH da urina4 e eleva o citrato urinário, aumentando o aclaramento do citrato, sem alterar significativamente o citrato sérico não filtrável. A terapia com citrato de potássio parece aumentar o citrato urinário, principalmente pela mudança de comportamento renal6 do citrato, e não pelo aumento da carga filtrável de citrato. O citrato urinário e o pH elevado diminuem a atividade do íon5 cálcio, aumentando a formação de complexos de cálcio com ânions dissociados e diminuindo assim, a saturação de oxalato de cálcio.
O citrato de potássio inibe também a cristalização e nucleação espontânea de oxalato cálcico e fosfato cálcico na nefrolitíase cálcica hipocitratúrica. Entretanto o citrato potássico não altera a saturação urinária de fosfato cálcico porque o efeito da elevada formação de complexos de citrato com cálcio se contrapõe mediante uma elevação na dissociação de fosfato dependente do pH.
Os cálculos do fosfato cálcico são mais estáveis na urina4 alcalina.

Farmacocinética:
O citrato de potássio é oxidado no organismo, formando bicarbonato potássico ou bicarbonato sódico. A ação tem início em cerca de 1 hora após a administração oral, persistindo por 12 horas a 3 dias (doses múltiplas). A eliminação é urinária, sendo menos de 5% da droga inalterada.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
2 Íons: Átomos ou grupos atômicos eletricamente carregados.
3 Alcalose: Desequilíbrio do meio interno, produzido por uma diminuição na concentração de íons hidrogênio ou aumento da concentração de bases orgânicas nos líquidos corporais.
4 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
5 Íon: Átomo ou grupo atômico eletricamente carregado.
6 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.

Tem alguma dúvida sobre INFORMAÇÕES TÉCNICAS LITOCIT?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.