INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS BONALEN

Atualizado em 25/05/2016

Não são previstas interações farmacológicas importantes com o uso de alendronato sódico. Antiácidos1, sucralfato, suplementos com alto conteúdo de metais como cálcio, ferro, magnésio, alumínio (inclusive complexos vitamínicos com minerais), leite, derivados do leite e bebidas com alto conteúdo de cálcio: Devem ser administrados pelo menos 30 minutos após a ingestão de BONALEN para não interferir na sua absorção. Estrógenos: Algumas poucas pacientes que receberam alendronato sódico juntamente com estrógenos (intravaginal, transdérmico ou oral) não apresentaram reações adversas atribuíveis ao uso concomitante de ambas medicações. Anticolinérgicos, ácido salicílico e sais, benzodiazepínicos, betabloqueadores, bloqueadores do canal de cálcio, diuréticos2, inibidores da secreção de ácido gástrico3, glicocorticóides, antiinflamatórios não-esteróides, hipnóticos, sedativos, tiazidas, hormônios tireoidianos, vasoconstritores e vasodilatadores: Embora não haja estudos específicos de interações com estas drogas, o alendronato sódico foi utilizado em estudos clínicos em concomitância com os medicamentos citados, não evidenciando interações clínicas adversas. Antiinflamatórios: O risco de reações adversas na porção superior do aparelho digestivo4, associado com os antiinflamatórios não-esteróides, não parece ser maior com o tratamento conjunto com alendronato sódico. Interferência em exames laboratoriais: Pacientes tratadas com 10 mg/dia de alendronato sódico apresentaram diminuições transitórias e assintomáticas do cálcio sérico. No entanto, a incidência5 de diminuições moderadas do cálcio sérico (< 8 mg/dl6 [2 m M]) foi semelhante nas pacientes tratadas com alendronato sódico 10 mg/dia e nas tratadas com placebo7.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Antiácidos: É uma substância que neutraliza o excesso de ácido, contrariando o seu efeito. É uma base que aumenta os valores de pH de uma solução ácida.
2 Diuréticos: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
3 Ácido Gástrico: Ácido clorídrico presente no SUCO GÁSTRICO.
4 Aparelho digestivo: O aparelho digestivo ou digestório realiza a digestão, processo que transforma os alimentos em substâncias passíveis de serem absorvidas pelo organismo. Os materiais não absorvidos são eliminados por este sistema. Ele é composto pelo tubo digestivo e por glândulas anexas.
5 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
6 Mg/dL: Miligramas por decilitro, unidade de medida que mostra a concentração de uma substância em uma quantidade específica de fluido.
7 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.