ADVERTÊNCIAS BLAUFERON B

Atualizado em 28/05/2016
O BLAUFERON-B® deve ser administrado sob estrito controle de um médico familiarizado com tratamentos antineoplásicos.Para pacientes1 com histórico de cardiopatias, mesmo sem registros de efeitos cardiotóxicos provocados pelo Interferon Alfa-2B humano, é possível que certos efeitos secundários agudos (febres,calafrios2) venham a agravar a doença cardíaca pré-existente. Administrar o BLAUFERON-B® com prudência em pacientes mielossuprimidos, dado a leucopenia3 ser um dos efeitos citotóxicos4 produzidos pelo medicamento. Sendo o rim5 o órgão metabolizador do fármaco6, o BLAUFERON-B® está contra-indicado nos casos de doença grave que o afete. Em casos leves, deve ser utilizado sob controle restrito.
Em pacientes com doenças hepáticas7 ou mielóides graves, desaconselha-se o uso de BLAUFERON-B® recombinante. Em caso de doenças leves, seu uso deve ser realizado com especial controle das funções.
Seu uso não é recomendado em pacientes que apresentam infecções8 no sistema nervoso central9 e/ou alterações epilépticas.
Em todos os casos é recomendável um cuidadoso acompanhamento neurológico.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
2 Calafrios: 1. Conjunto de pequenas contrações da pele e dos músculos cutâneos ao longo do corpo, muitas vezes com tremores fortes e palidez, que acompanham uma sensação de frio provocada por baixa temperatura, má condição orgânica ou ainda por medo, horror, nojo, etc. 2. Sensação de frio e tremores fortes, às vezes com bater de dentes, que precedem ou acompanham acessos de febre.
3 Leucopenia: Redução no número de leucócitos no sangue. Os leucócitos são responsáveis pelas defesas do organismo, são os glóbulos brancos. Quando a quantidade de leucócitos no sangue é inferior a 6000 leucócitos por milímetro cúbico, diz-se que o indivíduo apresenta leucopenia.
4 Citotóxicos: Diz-se das substâncias que são tóxicas às células ou que impedem o crescimento de um tecido celular.
5 Rim: Os rins são órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
6 Fármaco: Qualquer produto ou preparado farmacêutico; medicamento.
7 Hepáticas: Relativas a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
8 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
9 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIAS BLAUFERON B?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.