GRAVIDEZ E LACTAÇÃO ACETATO DE HIDROCORTIZONA - CREME

Atualizado em 28/05/2016
Não há estudos suficientes para que possa ser avaliado o risco de malformações1 ou anormalidades no feto2 quando utilizada por mulheres durante a gravidez3. A princípio, nenhuma medicação corticóide de uso tópico4 deve ser utilizada no primeiro trimestre de gravidez3. Apesar de possuir baixa absorção, há possibilidade do Acetato de Hidrocortisona ser excretado no leite, logo, mulheres amamentando devem ter o uso de Acetato de Hidrocortisona criteriosamente avaliado pelo médico. O tratamento não deve prolongar-se por mais de 3 semanas, especialmente nas zonas cobertas por fraldas. Informe a seu médico a ocorrência de gravidez3 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Malformações: 1. Defeito na forma ou na formação; anomalia, aberração, deformação. 2. Em patologia, é vício de conformação de uma parte do corpo, de origem congênita ou hereditária, geralmente curável por cirurgia. Ela é diferente da deformação (que é adquirida) e da monstruosidade (que é incurável).
2 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.

Tem alguma dúvida sobre GRAVIDEZ E LACTAÇÃO ACETATO DE HIDROCORTIZONA - CREME?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.