INFORMAÇÕES TÉCNICAS FLUTICAPS

Atualizado em 28/05/2016
MODO DE AÇÃO
O propionato de fluticasona é um glicocorticóide trifluorinado,
sintético, com atividade antiinflamatória potente
e também propriedades imunossupressora e antiproliferativa.
Os efeitos antiinflamatórios resultam da redução da formação,
da liberação e da atividade dos mediadores antiinflamatórios
(ex.: cininas, histamina1, enzimas lipossômicas,
prostaglandinas2, leucotrienos3). A propriedade imunossupressora
reduz a resposta das reações de hipersensibilidade
imediata e tardia. Adicionalmente, o acesso de
linfócitos T sensibilizados e macrófagos4 às células5-alvo
pode também ser prevenido pelos corticóides.
O propionato de fluticasona, quando inalado nas doses
recomendadas, possui ação antiinflamatória potente, que
resulta na redução dos sintomas6 da asma7, redução dos
sintomas6 da DPOC e na melhora da função pulmonar.
Estes benefícios são alcançados sem a ocorrência dos
efeitos adversos, observados quando os corticosteróides
são administrados por via sistêmica.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Histamina: Em fisiologia, é uma amina formada a partir do aminoácido histidina e liberada pelas células do sistema imunológico durante reações alérgicas, causando dilatação e maior permeabilidade de pequenos vasos sanguíneos. Ela é a substância responsável pelos sintomas de edema e irritação presentes em alergias.
2 Prostaglandinas: É qualquer uma das várias moléculas estruturalmente relacionadas, lipossolúveis, derivadas do ácido araquidônico. Ela tem função reguladora de diversas vias metabólicas.
3 Leucotrienos: É qualquer um dos metabólitos dos ácidos graxos poli-insaturados, especialmente o ácido araquidônico, que atua como mediador em processos alérgicos e inflamatórios.
4 Macrófagos: É uma célula grande, derivada do monócito do sangue. Ela tem a função de englobar e destruir, por fagocitose, corpos estranhos e volumosos.
5 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
6 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
7 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.

Tem alguma dúvida sobre INFORMAÇÕES TÉCNICAS FLUTICAPS?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.