POSOLOGIA E ADMINISTRAÇÃO FLUTICAPS

Atualizado em 28/05/2016

FLUTICAPS (propionato de fluticasona) só deve ser administrado
por via inalatória oral.
Os pacientes devem ser alertados quanto à natureza profilática
da terapia com o propionato de fluticasona, e que
este deve ser utilizado regularmente, mesmo quando estejam
assintomáticos. A dose de propionato de fluticasona
deve ser ajustada de acordo com a resposta de cada paciente.
Os pacientes devem ser orientados a procurar o médico
caso observem que o alívio com doses menores de broncodilatadores1
tornou-se menos efetivo, ou estejam necessitando
de um número maior de inalações do que o prescrito.
ASMA2
Adultos e adolescentes acima de 16 anos:
Pacientes com asma2 leve devem ser orientados com doses
de 100 - 250 mcg, duas vezes ao dia.
Nos casos de asma2 moderada, a dose recomendada é
de 250 - 500 mcg, duas vezes ao dia.
Em pacientes com asma2 severa, recomendam-se doses
de 500-1000 mcg, duas vezes ao dia.
Crianças acima de 4 anos: a dose recomendada é 50 a
100 mcg, duas vezes ao dia, podendo ser ajustada até
que o controle seja atingido, conforme a resposta do paciente.
DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA (DPOC)
A dose usualmente recomendada em adultos é de 500
mcg, duas vezes ao dia.

-SUPERDOSE:
Aguda - A inalação da droga em doses muito acima daquelas
recomendadas pode levar à supressão temporária
da função adrenal, resultando em um quadro de hipercortisolismo.
Neste caso, não há necessidade de se tomar
nenhuma medida emergencial, e o paciente deve manter
o tratamento com FLUTICAPS (propionato de fluticasona)
na dose suficiente para o controle da asma2. A função
adrenal é recuperada em alguns dias e pode ser avaliada
através da dosagem do cortisol plasmático.
Crônica - A inalação de doses acima de 2 mg diários de
propionato de fluticasona, durante períodos prolongados,
pode levar a uma supressão crônica da função adrenal.
Neste caso, o paciente deve manter o tratamento com
FLUTICAPS (propionato de fluticasona) na dose suficiente
para o controle da asma2 e a função adrenal deve ser monitorada.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Broncodilatadores: São substâncias farmacologicamente ativas que promovem a dilatação dos brônquios.
2 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.

Tem alguma dvida sobre POSOLOGIA E ADMINISTRAÇÃO FLUTICAPS?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.