PREPARO DAS SOLUÇÕES FUNGIZON

Atualizado em 28/05/2016

Reconstitir da seguinte forma :

Primeiro, preparar uma solução inicial com concentração de 5 mg/ml de anfotericina B, adicionando-se rapidamente ao frasco-ampola 10 ml de água estéril para injeção1 (USP), sem agente bacteriostático, diretamente no pó liofilizado2, por meio de uma agulha estéril (diâmetro mínimo : calibre 20) e seringa3. Agita-se o frasco imediatamente até que a solução se torne límpida.

A solução para infusão deve ser preparada tomando-se uma concentração suficiente e diluindo-a com soro4 glicosado a 5% de modo que a  concentração final seja 0,1 mg/ml de anfotericina B. O pH do soro4 glicosado deve ser acertado antes do uso e deve estar acima de 4,2. A glicose5 5% comercial geralmente tem um pH acima de 4,2; no entanto, se for inferior a 4,2, deve-se então adicionar 1 ou 2 ml de tampão à solução de glicose5 antes de usá-la para diluir a solução concentrada de anfotericina B. O tampão recomendado tem a seguinte composição :

   Fosfato de sódio dibásico (anidro) ........... 1,59 g    Fosfato de sódio monobásico (anidro).......... 0,96 g
   Água para Injeção1 (USP) q.s. ................. 100 ml

O tampão deve ser esterilizado antes de sua adição à solução glicosada, seja por filtração através de velas, placa6 ou membrana esterilizante, ou por autoclavação à pressão de 15 libras durante 30 minutos (121o C).


CUIDADO :

A técnica asséptica deve ser observada rigorosamente na preparação do tampão e da infusão, visto que nenhum conservante ou agente bacteriostático está presente no antibiótico ou nos materiais usados para prepará-lo para administração. Todas as introduções dentro do frasco ou dentro dos  diluentes devem ser feitas com agulhas estéreis.

A reconstiuição não deve ser feita com soluções salinas. O uso de qualquer diluente diferente dos recomendados ou a presença de um agente bacteriostático (p.ex. álcool benzílico), no diluente, pode provocar precipitação do antibiótico. Não se deve usar a solução concentrada inicial ou a solução para infusão se houver evidência de precipitação ou de materiais estranhos.
Os equipos com filtro de membrana em série podem ser usados para infusão intravenosa de anfotericina B, desde que o diâmetro médio dos poros seja maior que 1,0 micron, a fim de garantir a passagem da dispersão coloidal.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
2 Liofilizado: Submetido à liofilização, que é a desidratação de substâncias realizada em baixas temperaturas, usada especialmente na conservação de alimentos, em medicamentos, etc.
3 Seringa: Dispositivo usado para injetar medicações ou outros líquidos nos tecidos do corpo. A seringa de insulina é formada por um tubo plástico com um êmbolo e uma agulha pequena na ponta.
4 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
5 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
6 Placa: 1. Lesão achatada, semelhante à pápula, mas com diâmetro superior a um centímetro. 2. Folha de material resistente (metal, vidro, plástico etc.), mais ou menos espessa. 3. Objeto com formato de tabuleta, geralmente de bronze, mármore ou granito, com inscrição comemorativa ou indicativa. 4. Chapa que serve de suporte a um aparelho de iluminação que se fixa em uma superfície vertical ou sobre uma peça de mobiliário, etc. 5. Placa de metal que, colocada na dianteira e na traseira de um veículo automotor, registra o número de licenciamento do veículo. 6. Chapa que, emitida pela administração pública, representa sinal oficial de concessão de certas licenças e autorizações. 7. Lâmina metálica, polida, usualmente como forma em processos de gravura. 8. Área ou zona que difere do resto de uma superfície, ordinariamente pela cor. 9. Mancha mais ou menos espessa na pele, como resultado de doença, escoriação, etc. 10. Em anatomia geral, estrutura ou órgão chato e em forma de placa, como uma escama ou lamela. 11. Em informática, suporte plano, retangular, de fibra de vidro, em que se gravam chips e outros componentes eletrônicos do computador. 12. Em odontologia, camada aderente de bactérias que se forma nos dentes.

Tem alguma dvida sobre PREPARO DAS SOLUÇÕES FUNGIZON?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.