INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS SERETIDE

Atualizado em 28/05/2016

Doença obstrutiva reversível das vias respiratórias: SERETIDE é indicado no tratamento regular das doenças obstrutivas reversíveis das vias respiratórias, incluindo asma1, em adultos e crianças, quando a combinação broncodilatador2 e corticosteróide por via inalatória for apropriada: Pacientes em tratamento de manutenção com b-agonistas de longa ação e corticosteróides por via inalatória; pacientes que permaneçam sintomáticos em monoterapia com corticosteróides por via inalatória; pacientes em tratamento regular com broncodilatadores3 que requeiram o uso de corticosteróides por via inalatória. Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC): SERETIDE é indicado para o tratamento de manutenção da DPOC, incluindo bronquite crônica4 e enfisema5.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
2 Broncodilatador: Substância farmacologicamente ativa que promove a dilatação dos brônquios.
3 Broncodilatadores: São substâncias farmacologicamente ativas que promovem a dilatação dos brônquios.
4 Bronquite crônica: Inflamação persistente da mucosa dos brônquios, em geral produzida por tabagismo, e caracterizada por um grande aumento na produção de muco bronquial que produz tosse e expectoração durante pelo menos três meses consecutivos durante dois anos.
5 Enfisema: Doença respiratória caracterizada por destruição das paredes que separam um alvéolo de outro, com conseqüente perda da retração pulmonar normal. É produzida pelo hábito de fumar e, em algumas pessoas, pela deficiência de uma proteína chamada Antitripsina.

Tem alguma dúvida sobre INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS SERETIDE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.