POSOLOGIA PRONEST

Atualizado em 28/05/2016

A dose de Pronest deve ser estabelecida individualmente, por um anestesista experiente, com base no peso corporal, sensibilidade do paciente e outras medicações que estão sendo administradas concomitantemente.
Pronest é utilizado também para sedação1 durante procedimentos cirúrgicos e diagnósticos, e tem sido utilizado juntamente com a raqui-anestesia2 e anestesia2 epidural3. Recomenda-se que Pronest seja titulado, com base na resposta do paciente, até que os sinais4 clínicos mostrem o início do efeito anestésico.

Indução da anestesia2 geral:

*Adultos:
A dose para adultos com idade inferior a 55 anos é 2,0 - 2,5mg/Kg de peso corporal.
Pacientes com mais de 55 anos de idade, geralmente, necessitam de uma dose menor (cerca de 20‰ menor).
A proporção entre quantidade/tempo para administração em adultos saudáveis é de aproximadamente 4mL (40mg) em 10 segundos.
Para pacientes5 em risco maior (graus ASA III e IV), essa proporção é de 2mL (20mg) em 10 segundos.

*Crianças acima de 3 anos de idade:
Recomenda-se que a administração de Pronest seja lenta, observando sua resposta, até que os sinais4 clínicos indiquem o início do efeito anestésico.
A dose deve ser ajustada com a idade e peso corporal. Crianças acima de 8 anos de idade necessitam de, aproximadamente, 2,5mg/Kg.
Entre os 3 e 8 anos, talvez seja necessário aumentar a dose acima citada. Recomenda-se o uso de doses menores para pacientes5 jovens em risco maior (graus ASA III e IV).

Manutenção da Anestesia2 Geral:
Se a anestesia2 for mantida mediante injeções em bolus6 repetitivas, deve-se administrar a dose em incrementos de 25mg (2,5mL) a 50mg (5,0mL).

*Adultos, por infusão: 4 - 12mg/Kg/h

*Crianças acima de 3 anos, por infusão: 9 - 15mg/Kg/h

Sedação1 na U.T.I.:
Pronest é usado, preferivelmente, em infusão contínua. A proporção entre quantidade/tempo de administração depende do nível de sedação1 desejado. Uma sedação1 satisfatória será, em geral, obtida com uma dose de 0,3 - 4,0mg/Kg/h. Pronest não é recomendado para sedação1 de crianças abaixo de 16 anos de idade.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Sedação: 1. Ato ou efeito de sedar. 2. Aplicação de sedativo visando aliviar sensação física, por exemplo, de dor. 3. Diminuição de irritabilidade, de nervosismo, como efeito de sedativo. 4. Moderação de hiperatividade orgânica.
2 Anestesia: Diminuição parcial ou total da sensibilidade dolorosa. Pode ser induzida por diferentes medicamentos ou ser parte de uma doença neurológica.
3 Epidural: Mesmo que peridural. Localizado entre a dura-máter e a vértebra (diz-se do espaço do canal raquidiano). Na anatomia geral e na anestesiologia, é o que se localiza ou que se faz em torno da dura-máter.
4 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
5 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
6 Bolus: Uma quantidade extra de insulina usada para reduzir um aumento inesperado da glicemia, freqüentemente relacionada a uma refeição rápida.

Tem alguma dúvida sobre POSOLOGIA PRONEST?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.