ADMINISTRAÇÃO PRONEST

Atualizado em 28/05/2016

Deve-se levar em consideração as seguintes notas para instrução de uso e manipulação de Pronest:Proteção para as mãos1 deve ser usada ao abrir as ampolas ou frascos-ampolas deste produto.
Ampolas ou frascos-ampolas congelados não devem ser usados.
Agite antes de usar. Se houver a formação de duas camadas nas ampolas ou frascos-ampolas, após agitação, o produto não deverá ser usado.
Cuidados de assepsia2 devem ser observados até o término da infusão, durante a manipulação do fármaco3 e do equipamento específico a ser utilizado.
Uso exclusivo intravenoso.
Todo o conteúdo remanescente nas ampolas ou frascos-ampolas deve ser descartado.

Administração por infusão:
Pode-se administrar Pronest não diluído, ou diluído com solução Dextrose4 5‰ B.P. para infusão intravenosa ou solução de Cloreto de Sódio 0,9‰ para infusão intravenosa através de técnicas com controle de infusão.
Quanto à administração de Pronest não diluído para manutenção da anestesia5, recomenda-se o uso de uma bomba de infusão volumétrica ou uma seringa6 de êmbolo7 para controlar a proporção entre quantidade/tempo de administração.
Uma bureta, conta-gotas ou bomba volumétrica deve ser instalada na linha de infusão para evitar infusão acidental ou descontrolada de grandes volumes de Pronest diluído.
O risco de infusão descontrolada deve ser levado em consideração no momento da decisão sobre a quantidade máxima de Pronest que será colocada na bureta. A co-administração de uma solução de cloreto de sódio/dextrose4 com Pronest é possível através de uma peça conectora tipo " Y"  colocada próxima ao local da injeção8.

Diluição e co-administração de Pronest com outras drogas

Técnica de co-administração:
1 - Pré-mistura feita de maneira asséptica.
Aditivo ou diluente: Solução de Dextrose4 5‰ B.P. para infusão intravenosa.
Preparo: Misturar 1 parte de emulsão de Pronest com até 4 partes de solução de Dextrose4 5‰ para Infusão Intravenosa B.P. em bolsas de PVC para infusão ou recipientes de vidro para infusão.      
Precauções: Prepare imediatamente antes da administração.
A mistura permanece estável por até 6 horas.    
Prepare a mistura de maneira asséptica antes da administração.

Aditivo ou diluente: Injeção8 de Cloridrato de Lidocaína (0,5‰ ou 1‰ sem conservante).    
Preparo: Misture 20 partes de emulsão de Pronest com até uma parte de Cloridrato de         Lidocaína 0,5‰ ou 1‰.
Precaução: Use apenas para indução.       

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Mãos: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
2 Assepsia: É o conjunto de medidas que utilizamos para impedir a penetração de micro-organismos em um ambiente que logicamente não os tem. Logo um ambiente asséptico é aquele que está livre de infecção.
3 Fármaco: Qualquer produto ou preparado farmacêutico; medicamento.
4 Dextrose: Também chamada de glicose. Açúcar encontrado no sangue que serve como principal fonte de energia do organismo.
5 Anestesia: Diminuição parcial ou total da sensibilidade dolorosa. Pode ser induzida por diferentes medicamentos ou ser parte de uma doença neurológica.
6 Seringa: Dispositivo usado para injetar medicações ou outros líquidos nos tecidos do corpo. A seringa de insulina é formada por um tubo plástico com um êmbolo e uma agulha pequena na ponta.
7 Êmbolo: 1. Cilindro ou disco que se move em vaivém no interior de seringas, bombas, etc. 2. Na engenharia mecânica, é um cilindro metálico deslizante que recebe um movimento de vaivém no interior de um cilindro de motor de combustão interna. 3. Em artes gráficas, é uma haste de ferro com um cilindro, articulada para comprimir e lançar o chumbo ao molde. 4. Em patologia, é um coágulo ou outro tampão trazido pela corrente sanguínea a partir de um vaso distante, que obstrui a circulação ao ser forçado contra um vaso menor. 5. Na anatomia zoológica, nas aranhas, é um prolongamento delgado no ápice do aparelho copulador masculino.
8 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.

Tem alguma dúvida sobre ADMINISTRAÇÃO PRONEST?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.