INDICAÇÕES EVOCANIL

Atualizado em 28/05/2016
Todas as insuficiências de progesterona, em particular síndrome1 pré-menstrual, irregularidades menstruais por problemas de ovulação2, mastopatias benignas, mastodinias, esterilidade3 de causa hormonal por alterações na ovulação2, pré-menopausa4 e menopausa4. Ameaça de aborto ou aborto freqüente. De acordo com a posologia sugere-se a utilização destas vias de administração:
Via oral: Distúrbios relacionados à insuficiência5 de progesterona, em particular: síndrome1 pré-menstrual, irregularidades menstruais por distúrbios da ovulação2 ou ausência de ovulação2. Mastopatias benignas. Pré-menopausa4. Menopausa4 (como complemento do tratamento estrogênico).
Via vaginal: Pode ser utilizada como alternativa à via oral, principalmente nas seguintes indicações: Reposição da progesterona em mulheres ovarioprivas; suplementação6 da fase lútea durante fecundação7 "in vitro" (FIV); suplementação6 da fase lútea durante ciclos espontâneos ou induzidos, em caso de hipofertilidade ou de esterilidade3 primária ou secundária, principalmente por distúrbios da ovulação2; ameaça de aborto ou prevenção do aborto repetido por insuficiência5 lútea.
Em todas as outras indicações da progesterona em caso de efeitos secundários causados pela administração oral de progesterona (por exemplo, sonolência), ou contra-indicação à via oral (por exemplo, hepatopatia).
O tratamento com este medicamento não é contraceptivo.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
2 Ovulação: Ovocitação, oocitação ou ovulação nos seres humanos, bem como na maioria dos mamíferos, é o processo que libera o ovócito II em metáfase II do ovário. (Em outras espécies em vez desta célula é liberado o óvulo.) Nos dias anteriores à ovocitação, o folículo secundário cresce rapidamente, sob a influência do FSH e do LH. Ao mesmo tempo que há o desenvolvimento final do folículo, há um aumento abrupto de LH, fazendo com que o ovócito I no seu interior complete a meiose I, e o folículo passe ao estágio de pré-ovocitação. A meiose II também é iniciada, mas é interrompida em metáfase II aproximadamente 3 horas antes da ovocitação, caracterizando a formação do ovócito II. A elevada concentração de LH provoca a digestão das fibras colágenas em torno do folículo, e os níveis mais altos de prostaglandinas causam contrações na parede ovariana, que provocam a extrusão do ovócito II.
3 Esterilidade: Incapacidade para conceber (ficar grávida) por meios naturais. Suas causas podem ser masculinas, femininas ou do casal.
4 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
5 Insuficiência: Incapacidade de um órgão ou sistema para realizar adequadamente suas funções.Manifesta-se de diferentes formas segundo o órgão comprometido. Exemplos: insuficiência renal, hepática, cardíaca, respiratória.
6 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
7 Fecundação: 1. Junção de gametas que resulta na formação de um zigoto; anfigamia, fertilização. 2. Ato ou efeito de fecundar (-se).

Tem alguma dvida sobre INDICAÇÕES EVOCANIL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.