MICROBIOLOGIA TEQUIN

Atualizado em 28/05/2016

A gatifloxacina é uma fluoroquinolona 8-metóxi com atividade in vitro contra amplo espectro de microorganismos aeróbicos e anaeróbicos, Gram negativos e Gram positivos. A gatifloxacina é também ativa contra microorganismos atípicos clinicamente importantes.  A gatifloxacina tem um grupo 8-metóxi que demonstrou aumentar a ação bactericida, diminuir a taxa de desenvolvimento de resistência às quinolonas, e aumentar a inibição da DNA girase. A ação antibacteriana da gatifloxacina resulta da inibição da DNA girase e da topoisomerase IV. A DNA girase é uma enzima1 essencial, envolvida na replicação, transcrição e reparação do DNA bacteriano. A topoisomerase IV é uma enzima1 conhecida por desempenhar uma função-chave na partição do DNA cromossômico durante a divisão celular bacteriana. Diferentemente de muitas quinolonas, a atividade antibacteriana da gatifloxacina não é afetada pelos inibidores da síntese protéica ou do RNA e não requer divisão celular. O mecanismo de ação das fluoroquinolonas, incluindo a gatifloxacina, é diferente do mecanismo das penicilinas, cefalosporinas, aminoglicosídeos, macrolídeos e tetraciclinas. Portanto, as fluoroquinolonas podem ser ativas contra patógenos que são resistentes a estes outros antibióticos. Não há resistência cruzada entre a gatifloxacina e as classes de antibióticos acima mencionadas. Com base em testes de sinergismo in vitro, a gatifloxacina demonstrou, em geral, ser aditiva a  antibióticos de outras classes em relação a inibição bacteriana.

A gatifloxacina demonstrou ser ativa, in vitro e em infecções2 clínicas, contra a maioria das cepas3 dos microorganismos descritos a seguir, tanto in vitro como nas infecções2 clínicas descritas no item Indicações:

Microorganismos aeróbios Gram positivosEnterococcus faecalis (muitas cepas3 são apenas moderadamente sensíveis)
Staphylococcus aureus (cepas3 meticilinossensíveis)
Staphylococcus saprophyticus
Streptococcus pneumoniae
(cepas3 penicilinorresistentes e penicilinossensíveis)
Estreptococos  -hemolíticos (incluindo S. pyogenes e S. agalactiae)

Microorganismos aeróbios Gram negativos
Acinetobacter lwoffi
Enterobacter aerogenes
Enterobacter cloacae
Escherichia coli
Haemophilus influenzae
Haemophilus parainfluenzae
Klebsiella pneumoniae
Moraxella catarrhalis
Proteus mirabilis
Pseudomonas aeruginosa
(muitas cepas3 são apenas moderadamente sensíveis)
Neisseria gonorrhoeae
Outros microorganismos
Chlamydia pneumoniae
Legionella pneumophila
Mycoplasma pneumoniae

Testes de Sensibilidade

Técnicas de Diluição
Métodos quantitativos são usados para determinar as concentrações antimicrobianas inibitórias mínimas (CIMs). Estes CIMs fornecem estimativas quanto a sensibilidade da bactéria4 aos compostos antimicrobianos. As CIMs devem ser determinadas usando-se um procedimento padronizado. A padronização dos procedimentos está baseada nos métodos de diluição (caldo ou ágar) ou equivalente (por ex.: E-teste) com concentrações de inóculo padronizadas e concentrações padronizadas de gatifloxacina.  Os valores de CIM devem ser interpretados de acordo com o seguinte critério:

Para organismos aeróbios não fastidiosos:
CIM (µg/ml)            Interpretação
2,0                sensível (S)
4,0                intermediário (I)
8,0                resistente (R)

Para Haemophilus sppa.:
CIM (µg/ml)            Interpretação
2,0                sensível (S)

a Este padrão de interpretação é aplicável somente para testes de sensibilidade de microdiluição com Haemophilus spp. usando meio de teste de Haemophilus (HTM)

Para Streptococcus spp. incluindo Streptococcus pneumoniaeb:
CIM (µg/ml)            Interpretação
1,0                sensível (S)
2,0                intermediário (I)
4,0                resistente (R)

bEstes padrões de interpretação são aplicáveis somente para testes de sensibilidade de microdiluição usando caldo cátion ajustado de Mueller-Hinton com lisado sanguíneo eqüino.


Para Neisseria gonorrhoeaec:
CIM (µg/ml)            Interpretação
0,125            sensível (S)
0,25                intermediário (I)
0,5                resistente (R)

c Estes padrões de interpretação são aplicáveis para testes de agar com agar CG e suplemento de crescimento definido a 1%.

Para bactérias anaeróbias:
CIM (µg/ml)            Interpretação
2,0                sensível (S)
4,0                intermediário (I)
8,0                resistente (R)


Técnicas de Difusão
Os métodos quantitativos que requerem a medida da zona de diâmetro também fornecem estimativas reproduzíveis da sensibilidade da bactéria4 para os compostos antimicrobianos. Um destes procedimentos padronizados necessitam o uso de concentrações padronizadas de inóculo. Este procedimento usa discos impregnados com 5µg de gatifloxacina para o teste de sensibilidade de microorganismos à gatifloxacina.

Os relatos obtidos dos resultados laboratoriais do testes de sensibilidade padrão em disco com 5µg de gatifloxacina devem ser interpretados de acordo com o seguinte critério:

Para organismos aeróbios não fastidioso:
Diâmetro da zona (mm)                Interpretação
18                            sensível (S)
15 - 17                        intermediário (I)
14                            resistente (R)

Para Haemophilus sppg.
Diâmetro da zona (mm)                Interpretação
18                            sensível (S)

g Este padrão de diâmetro de zona é aplicável somente para testes com Haemophilus spp. usando meio de teste de Haemophilus (HTM)

Para Streptococcus spp. incluindo Streptococcus pneumoniaeh:
Diâmetro da zona (mm)                Interpretação
18                            sensível (S)
15 - 17                        intermediário (I)
14                            resistente (R)

hEstes padrões de diâmetro de zona são aplicáveis somente para testes usando suplemento de agar de Mueller-Hinton em sangue5 de ovelha a 5% incubado em CO2 à 5%.

Para Neisseria gonorrhoeaei:
Diâmetro da zona (mm)                Interpretação
38                            sensível (S)
34 - 37                        intermediário (I)
33                            resistente (R)

iEstes padrões de interpretação são aplicáveis para testes de difusão em disco com agar CG e suplemento de crescimento definido a 1% em CO2. à 5%. A interpretação envolve a correlação do diâmetro obtido no teste de disco com o CIM da gatifloxacina

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Enzima: Proteína produzida pelo organismo que gera uma reação química. Por exemplo, as enzimas produzidas pelo intestino que ajudam no processo digestivo.
2 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Cepas: Cepa ou estirpe é um termo da biologia e da genética que se refere a um grupo de descendentes com um ancestral comum que compartilham semelhanças morfológicas e/ou fisiológicas.
4 Bactéria: Organismo unicelular, capaz de auto-reproduzir-se. Existem diferentes tipos de bactérias, classificadas segundo suas características de crescimento (aeróbicas ou anaeróbicas, etc.), sua capacidade de absorver corantes especiais (Gram positivas, Gram negativas), segundo sua forma (bacilos, cocos, espiroquetas, etc.). Algumas produzem infecções no ser humano, que podem ser bastante graves.
5 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.

Tem alguma dúvida sobre MICROBIOLOGIA TEQUIN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.