PRECAUÇÕES APRESOLINA

Atualizado em 18/05/2016

Em pacientes com função renal1 diminuída ("clearance" de creatinina2 < 30 ml/min ou concentração sérica de creatinina2 > 2,5mg/100 ml ou 221 mmol/l3) e em portadores de disfunção hepática4, a dose ou o intervalo de dose administrada deverá ser adaptada de acordo com a resposta clínica, para evitar acúmulo da substância ativa "aparente". Como todos os anti-hipertensivos potentes, Apresolina deverá ser utilizada com cuidado em pacientes portadores de doenças cerebrovasculares. Quando submetidos a cirurgias, os pacientes tratados com Apresolina poderão apresentar uma queda na pressão sanguínea. Nestes casos não se deve empregar adrenalina5 para corrigir a hipotensão6, uma vez que ela altera os efeitos cardíacos da hidralazina. Deve-se dar atenção especial ao paciente quando se tratar de terapia inicial para a insuficiência cardíaca7. O paciente deve ser mantido sob cuidadosa vigilância e/ou monitorização hemodinâmica8 para a detecção precoce de uma hipotensão6 postural ou taquicardia9. Quando for indicada a interrupção da terapia na insuficiência cardíaca7, Apresolina deve ser retirada gradualmente (exceto em situações graves , tais como, na síndrome10 "lupus11-like" ou discrasia sanguínea), a fim de evitar a precipitação e/ou exacerbação da insuficiência cardíaca7.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
2 Creatinina: Produto residual das proteínas da dieta e dos músculos do corpo. É excretada do organismo pelos rins. Uma vez que as doenças renais progridem, o nível de creatinina aumenta no sangue.
3 Mmol/L: Milimols por litro, unidade de medida que mostra a concentração de uma substância em uma quantidade específica de fluido.
4 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
5 Adrenalina: 1. Hormônio secretado pela medula das glândulas suprarrenais. Atua no mecanismo da elevação da pressão sanguínea, é importante na produção de respostas fisiológicas rápidas do organismo aos estímulos externos. Usualmente utilizado como estimulante cardíaco, como vasoconstritor nas hemorragias da pele, para prolongar os efeitos de anestésicos locais e como relaxante muscular na asma brônquica. 2. No sentido informal significa disposição física, emocional e mental na realização de tarefas, projetos, etc. Energia, força, vigor.
6 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.
7 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
8 Hemodinâmica: Ramo da fisiologia que estuda as leis reguladoras da circulação do sangue nos vasos sanguíneos tais como velocidade, pressão etc.
9 Taquicardia: Aumento da frequência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações.
10 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
11 Lúpus: 1. É uma inflamação crônica da pele, caracterizada por ulcerações ou manchas, conforme o tipo específico. 2. Doença autoimune rara, mais frequente nas mulheres, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico. Nesta patologia, a defesa imunológica do indivíduo se vira contra os tecidos do próprio organismo como pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro. Essas múltiplas formas de manifestação clínica, às vezes, podem confundir e retardar o diagnóstico. Lúpus exige tratamento cuidadoso por médicos especializados no assunto.

Tem alguma dvida sobre PRECAUÇÕES APRESOLINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.