PRECAUÇÕES HICONCIL

Atualizado em 24/05/2016

Tem sido relatado com praticamente todos agentes antibacterianos, colite1 pseudomembranosa que pode variar de moderada a grave com risco de vida. Portanto, é importante considerar este diagnóstico2 em pacientes que apresentaram diarréia3 após a administração de agentes antimicrobianos.  devem ser tomadas  medidas terapêuticas  após o estabelecimento do diagnóstico2.
Podem ser verificadas superinfecções4 fúngicas5 ou por patógenos bacterianos durante o período de tratamento e medidas apropriadas devem ser tomadas.Como aos demais antibióticos, nos casos do tratamento se prolongar, aconselha-se um controle periódico da função renal6, hepática7 e hematopoiética do paciente. De modo geral, eritema8, erupção9 maculopapular10 tem sido freqüentemente relatado após o uso de amoxicilina e ampicilina em pacientes com mononucleose11. Estas drogas provavelmente não devem ser usadas em pacientes com esta doença.


Uso na gravidez12

A segurança durante a gravidez12 não foi estabelecida. A amoxicilina atravessa facilmente a placenta.


Mulheres lactantes13

Apesar da amoxicilina ser excretada no leite humano em pequenas quantidades, a administração desta droga deve ser feita com cautela em mulheres lactantes13.


Carcinogênese, Mutagênese e Fertilidade

Não existem estudos a longo prazo conduzidos em animais com esta droga.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Colite: Inflamação da porção terminal do cólon (intestino grosso). Pode ser devido a infecções intestinais (a causa mais freqüente), ou a processos inflamatórios diversos (colite ulcerativa, colite isquêmica, colite por radiação, etc.).
2 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
3 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
4 Superinfecções: Geralmente ocorrem quando os antibióticos alteram o equilíbrio do organismo, permitindo o crescimento de agentes oportunistas, como os enterococos. As superinfecções podem ser muito difícil de tratar, porque é necessário optar por antibióticos eficazes contra todos os agentes que podem causá-las.
5 Fúngicas: Relativas à ou produzidas por fungo.
6 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
7 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
8 Eritema: Vermelhidão da pele, difusa ou salpicada, que desaparece à pressão.
9 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
10 Maculopapular: Erupção cutânea que se caracteriza pelo aparecimento de manchas e de pápulas de tonalidade avermelhada, geralmente observada no sarampo ou na rubéola.
11 Mononucleose: Doença de progressão benigna, muito comum, causada pela infecção pelo vírus Epstein-Barr e transmitida pelo contato com saliva contaminada. Seus sintomas incluem: mal-estar, dor de cabeça, febre, dor de garganta, ínguas principalmente no pescoço, inflamação do fígado. Acomete mais freqüentemente adolescentes e adultos jovens.
12 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
13 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.

Tem alguma dvida sobre PRECAUÇÕES HICONCIL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.