MICROBIOLOGIA NOVAMIN

Atualizado em 24/05/2016


Gram-negativos
: a amicacina é ativa  in vitro  contra  Pseudomonas sp. ,  Escherichia coli ,  Proteus sp.   (indol-positivo e indol-negativo),  Providencia sp. ,  Klebsiella-Enterobacter-Serratia sp. ,  Acinetobacter (anteriormente  Mima-Herellea) sp.  e  Citrobacter freundii .
Muitas cepas1 destas bactérias resistentes a outros aminoglicosídeos, incluindo gentamicina, tobramicina e canamicina, são sensíveis à amicacina  in vitro .
Estudos  in vitro  demonstraram que  NOVAMIN,  associado a um antibiótico beta-lactâmico, age sinergicamente contra vários organismos Gram-negativos de significação clínica. Ocorre supressão persistente do crescimento bacteriano de muitos organismos Gram-negativos após exposição  in vitro ao  NOVAMIN  (efeito pós-antibiótico). A amicacina é resistente à degradação pela maioria das enzimas inativadoras de aminoglicosídeos que afetam a gentamicina, tobramicina e canamicina.

Gram-positivos : a amicacina é ativa  in vitro  contra estafilococos produtores ou não de penicilinase, inclusive cepas1 resistentes à meticilina. Todavia, os aminoglicosídeos de modo geral tem apresentado menor atividade contra outras bactérias Gram-positivas, a saber:  Streptococcus pyogenes , enterococos e  Streptococcus pneumoniae .

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Cepas: Cepa ou estirpe é um termo da biologia e da genética que se refere a um grupo de descendentes com um ancestral comum que compartilham semelhanças morfológicas e/ou fisiológicas.

Tem alguma dúvida sobre MICROBIOLOGIA NOVAMIN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.