INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS PULMOZYME

Atualizado em 25/05/2016

Estudos clínicos indicaram que o Pulmozyme® pode ser empregado, com eficácia e segurança, juntamente com o tratamento convencional da fibrose cística1, incluindo antibióticos,
broncodilatadores2, suplementação3 com enzimas e vitaminas pelas vias oral, inalatória ou
parenteral, corticosteróides inalatórios e sistêmicos4 e analgésicos5. Não foram realizados estudos
formais de interação medicamentosa.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Fibrose cística: Doença genética autossômica recessiva que promove alteração de glândulas exócrinas do organismo. Caracterizada por infecções crônicas das vias aéreas, que leva ao desenvolvimento de bronquiectasias, insuficiência pancreática exócrina, disfunções intestinais, anormalidades das glândulas sudoríparas e disfunção genitourinária.
2 Broncodilatadores: São substâncias farmacologicamente ativas que promovem a dilatação dos brônquios.
3 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
4 Sistêmicos: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
5 Analgésicos: Grupo de medicamentos usados para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.

Tem alguma dvida sobre INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS PULMOZYME?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.