TESTE DE SENSIBILIDADE EM DISCO CEFAZOLINA

Atualizado em 25/05/2016

Métodos quantitativos que utilizam a medida do diâmetro da zona fornecem a estimativa mais precisa da sensibilidade ao antibiótico. Um método com discos em particular tem sido recomendado para se determinar a sensibilidade aos antibióticos cefalosporínicos.  Os resultados deste procedimento são interpretados pela correlação do diâmetro do disco com  os valores de concentração inibitória mínima (CIM) para a CEFAZOLINA. Neste método, um relato laboratorial de '' sensível'' indica que o organismo infectante possivelmente responde à terapia. Um relato de ''resistente'' sugere que o organismo infectante possivelmente não responde à terapia. Um relato de ''sensibilidade intermediária'' sugere que o organismo poderá ser sensível caso sejam usadas altas dosagens ou caso a infecção1 esteja confinada a tecidos e fluidos (p. ex., urina2) nos quais se atinge altos níveis de antibióticos.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.

Tem alguma dúvida sobre TESTE DE SENSIBILIDADE EM DISCO CEFAZOLINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.