PRECAUÇÕES AZACTAM

Atualizado em 28/05/2016


Gerais

Os antibióticos, assim como outros fármacos, devem ser administrados com cuidado a qualquer paciente com histórico de reação alérgica1 a compostos estruturalmente relacionados ao aztreonam. Caso ocorram reações alérgicas, descontinuar a terapia e iniciar tratamento de suporte adequado com os procedimentos padrões. Reações de hipersensibilidade sérias podem necessitar de epinefrina e outras medidas de emergência2.

O uso de antibióticos pode promover o crescimento de organismos resistentes.

Clostridium difficile associado à diarréia3 (CDAD) foi reportado com o uso de praticamente todos os agentes antibacterianos, incluindo AZACTAM, e pode variar quanto ao grau de gravidade, desde diarréia3 leve até colite4 fatal. CDAD deve ser considerada em todos os pacientes que apresentem diarréia3 após o uso do antibiótico. É necessário cuidado com o histórico médico, já que foi reportada a ocorrência de CDAD até dois meses depois da administração de agentes antibacterianos. Se há suspeita e confirmação de CDAD, o uso de antibióticos que não ajam diretamente contra C. Difficile pode ter que ser descontinuado.

Carcinogênese, Mutagênese e Danos à Fertilidade

Não foram realizados estudos de carcinogenicidade em animais.

Estudos de toxicologia genética não revelaram evidências de potencial mutagênico. Estudos de reprodução5 não revelaram evidências de comprometimento da fertilidade.

Gravidez6

O aztreonam atravessa a placenta, passando para a circulação7 fetal. Estudos realizados em cobaias e coelhos prenhes não mostraram evidência de embriotoxicidade, de fetotoxicidade ou de teratogenicidade Não há estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas. Uma vez que os estudos de reprodução5 animal não são sempre preditivos da resposta humana, o aztreonam deve ser usado durante a gravidez6 somente quando claramente necessário.

Lactantes8

Como o aztreonam é excretado no leite materno, em concentrações inferiores a 1% das concentrações séricas dosadas a partir de amostras de soro9 materno, é recomendável a descontinuação temporária da amamentação10 durante o tratamento com AZACTAM.

Uso Pediátrico

Dados de segurança e eficácia em recém-nascidos com menos de 1 semana são limitados; a administração de aztreonam nestes pacientes necessita ser cuidadosamente avaliada (vide POSOLOGIA).

AZACTAM contém arginina. Estudos em crianças de baixo peso demostraram que a arginina administrada na formulação de AZACTAM pode resultar em um aumento da arginina, insulina11 e, indiretamente, de bilirrubina12 no soro9. As conseqüências da exposição a este aminoácido durante o tratamento de recém-nascidos não foram totalmente determinadas.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Reação alérgica: Sensibilidade a uma substância específica, chamada de alérgeno, com a qual se entra em contato por meio da pele, pulmões, deglutição ou injeções.
2 Emergência: 1. Ato ou efeito de emergir. 2. Situação grave, perigosa, momento crítico ou fortuito. 3. Setor de uma instituição hospitalar onde são atendidos pacientes que requerem tratamento imediato; pronto-socorro. 4. Eclosão. 5. Qualquer excrescência especializada ou parcial em um ramo ou outro órgão, formada por tecido epidérmico (ou da camada cortical) e um ou mais estratos de tecido subepidérmico, e que pode originar nectários, acúleos, etc. ou não se desenvolver em um órgão definido.
3 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
4 Colite: Inflamação da porção terminal do cólon (intestino grosso). Pode ser devido a infecções intestinais (a causa mais freqüente), ou a processos inflamatórios diversos (colite ulcerativa, colite isquêmica, colite por radiação, etc.).
5 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
6 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
7 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
8 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.
9 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
10 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
11 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
12 Bilirrubina: Pigmento amarelo que é produto da degradação da hemoglobina. Quando aumenta no sangue, acima de seus valores normais, pode produzir uma coloração amarelada da pele e mucosas, denominada icterícia. Pode estar aumentado no sangue devido a aumento da produção do mesmo (excesso de degradação de hemoglobina) ou por dificuldade de escoamento normal (por exemplo, cálculos biliares, hepatite).

Tem alguma dvida sobre PRECAUÇÕES AZACTAM?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.