USO DURANTE A GRAVIDEZ E LACTAÇÃO ANANGOR

Atualizado em 28/05/2016
Não há estudos bem controlados e apropriadosem mulheres gestantes com cloridrato de tramadol.
ANANGOR® (Tramadol cloridrato) deve ser usado
na gestação apenas se os benefícios potenciais
justifiquem o risco potencial para o feto1.
Tramadol mostrou-se embriotóxico e fetotóxico em
camundongos, ratos e coelhos em doses maternas
tóxicas de 3 a 15 vezes a dose humana máxima
ou maior (120 mg/kg em camundongos, 25
mg/kg ou maior em ratos e 75 mg/kg ou maior em
coelhos), mas não houve efeitos teratogênicos2
nessas doses. Prejuízos para o feto1 não foram
observados em doses maternas não-tóxicas.
Nenhum efeito teratogênico3 relacionado à droga
foi observado na descendência de camundongos,
ratos ou coelhos tratados com tramadol por várias
vias. A toxicidade4 ao embrião e ao feto1 consistiu
primariamente em baixo peso fetal, diminuição
da ossificação esquelética e aumento de costelas5
supranumerárias em doses maternas tóxicas.
Letalidade embrional e fetal foi relatada em
apenas um estudo com coelhos na dose de 300
mg/kg, dose maternal extremamente tóxica para
coelhas.
Em estudos peri e pós-natais em ratos, na descendência
de mães recebendo dose oral de 50
mg/kg ou mais, houve diminuição de peso, e a
sobrevivência6 de filhotes diminuiu na amamentação7
com doses de 80 mg/kg (6 - 10 vezes a
máxima dose humana). Não foi observada toxicidade4
nas proles de mães recebendo 8,10, 20, 25
ou 40 mg/kg. Toxicidade4 materna foi observada em
todos os níveis de dose; os efeitos sobre a prole
foram observados apenas com doses maiores.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
2 Teratogênicos: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
3 Teratogênico: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
4 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
5 Costelas:
6 Sobrevivência: 1. Ato ou efeito de sobreviver, de continuar a viver ou a existir. 2. Característica, condição ou virtude daquele ou daquilo que subsiste a um outro. Condição ou qualidade de quem ainda vive após a morte de outra pessoa. 3. Sequência ininterrupta de algo; o que subsiste de (alguma coisa remota no tempo); continuidade, persistência, duração.
7 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.

Tem alguma dúvida sobre USO DURANTE A GRAVIDEZ E LACTAÇÃO ANANGOR?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.