INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS ANANGOR

Atualizado em 28/05/2016
Já foram relatados raros casos de convulsão1 empacientes que receberam as doses recomendadas
de tramadol. Há um risco aumentado de convulsões
quando ANANGOR® (Tramadol cloridrato)
é administrado concomitantemente com antiparquisoniano
(selegilina) e antidepressivos (amitriptilina,
nortriptilina, amoxapina, clorgilina, fluoxetina,
sertralina, fluvoxamina, imipramina, moclobemida,
etc) e neurolépticos2 (sulpirida, clorpromazina, clorprotixeno,
flupentixol, haloperidol, pimozida, risperidona,
etc). Depressores do Sistema Nervoso Central3
(codeína, difenidramina, hidrocodona, meperidina,
talidomida, morfina, etc) têm seus efeitos
potencializados pelo ANANGOR® (Tramadol cloridrato).
Os resultados dos estudos de farmacocinética
têm demonstrado, até o momento, que
interações clinicamente relevantes são pouco prováveis
com a administração prévia ou concomitante
de cimetidina. Administração prévia ou simultânea
de carbamazepina pode reduzir o efeito
analgésico4 e a duração de ação do tramadol. Pacientes
recebendo carbamazepina cronicamente,
em doses em torno de 800 mg, podem requerer
aumento, até o dobro, da dose recomendada de
cloridrato de tramadol. Tramadol é metabolizado
ao metabólito5 ativo M1 pela isoenzima CYP 450
2D6, que é inibida pela quinidina, o que pode aumentar
as concentrações de tramadol e reduzir
as de M1. As conseqüências clínicas disto são
desconhecidas. Fluoxetina, paroxetina e amitriptilina
podem levar a alguma inibição do metabolismo6
do tramadol, também via CYP 450 2D6. Drogas
inibidoras do CYP 450 isoenzima 3A4, tais como
o cetoconazol e a eritromicina, podem inibir o metabolismo6
do tramadol (N-desmetilação) provavelmente
também o metabolismo6 do metabólito5
ativo M1. A importância clínica de tal interação não
tem sido estudada.
Houve raros relatos pós-comercialização de intoxicação
digitálica da alteração de efeitos da varfarina,
incluindo aumento de tempo de protrombina7.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Convulsão: Episódio agudo caracterizado pela presença de contrações musculares espasmódicas permanentes e/ou repetitivas (tônicas, clônicas ou tônico-clônicas). Em geral está associada à perda de consciência e relaxamento dos esfíncteres. Pode ser devida a medicamentos ou doenças.
2 Neurolépticos: Medicamento que exerce ação calmante sobre o sistema nervoso, tranquilizante, psicoléptico.
3 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
4 Analgésico: Medicamento usado para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
5 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
6 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
7 Protrombina: Proteína plasmática inativa, é a precursora da trombina e essencial para a coagulação sanguínea.

Tem alguma dvida sobre INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS ANANGOR?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.