GRAVIDEZ NEOTIGASON

Atualizado em 28/05/2016

O Neotigason® é altamente teratogênico1. Seu uso é portanto contra-indicado não só durante a gravidez2, mas também em toda mulher com potencial de engravidar durante o tratamento e até dois anos após o término do tratamento. Existe um risco extremamente alto de nascimento de uma criança deformada no caso de gravidez2 durante a administração de Neotigason® em qualquer quantidade mesmo durante curtos períodos. Todos os fetos expostos podem potencialmente ser afetados.

Neotigason® é contra-indicado a mulheres com potencial de engravidar a menos que a paciente do sexo feminino satisfaça todas as seguintes condições:

. Seja portadora de grave distúrbio de ceratinização resistente às terapêuticas convencionais;

. Seja confiável na compreensão e cumprimento das instruções;

. Seja capaz de cumprir as medidas anticoncepcionais obrigatórias, confiáveis e sem falhas;

. Seja informada por seu médico sobre o perigo de engravidar quatro semanas antes, durante o tratamento e até dois anos após o término do tratamento. Por outro lado, mulheres tratadas inicialmente com Tigason® (etretinato) Roche e depois com Neotigason® devem continuar com as medidas contraceptivas durante dois anos pelo menos, após a última dose de Tigason® (etretinato);

. A paciente inicie a terapêutica3 com Neotigason® somente no segundo ou terceiro dia do próximo período menstrual;

. A paciente apresente um teste de gravidez2 negativo duas semanas antes de iniciar a terapêutica3 (recomenda-se a repetição mensal do teste durante a terapêutica3);

. Seja informada por seu médico, verbalmente e por escrito, sobre o perigo de engravidar, as precauções a serem tomadas, o risco de ocorrer severa malformação4 congênita5 do feto6 e as possíveis conseqüências se ocorrer gravidez2 durante o tratamento com Neotigason® ou dentro de dois anos após a interrupção do tratamento;

. As mesmas medidas contraceptivas eficazes e permanentes devem ser tomadas todas as vezes que o tratamento for repetido, independentemente do período de interrupção e devem ser continuadas por 2 anos após o término do tratamento com Neotigason® e 2 anos após a última dose de Tigason® (etretinato) Roche.

Caso ocorra a gravidez2, apesar dessas precauções, na vigência do tratamento com Neotigason® ou até 2 anos após o término do tratamento (ou até dois anos ao tratamento com Tigason®), há um grande risco de malformação4 muito severa do feto6 (por exemplo exencefalia).

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Teratogênico: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
4 Malformação: 1. Defeito na forma ou na formação; anomalia, aberração, deformação. 2. Em patologia, é vício de conformação de uma parte do corpo, de origem congênita ou hereditária, geralmente curável por cirurgia. Ela é diferente da deformação (que é adquirida) e da monstruosidade (que é incurável).
5 Congênita: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
6 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.

Tem alguma dúvida sobre GRAVIDEZ NEOTIGASON?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.