POSOLOGIA FILGRASTIM

Atualizado em 28/05/2016

A dose recomendada de FILGRASTIM (filgrastim) é de 0,5 MU (5 mcg)/Kg/dia. O conteúdo de um
frasco-ampola de FILGRASTIM (filgrastim) 30 UM fornece a dose diária necessária a um paciente
de 60 Kg de peso.
Para pacientes1 com neutropenia2 secundária induzida por quimioterápicos, 0,5 MU (5 mcg/kg/dia)
de FILGRASTIM (filgrastim) , por via subcutânea3 ou infusão intravenosa, diluída em solução de glicose4
a 5% e administrada em infusões de 15 a 30 minutos. A administração deve ser iniciada apenas
24 horas após a última dose do ciclo de quimioterapia5.
Continuar a administração até que a contagem de neutrófilos6 tenha retornado ao normal. Em
geral o tempo de tratamento é de 14 dias, podendo variar conforme o tipo, dose e esquema
quimioterápico utilizado. A descontinuação prematura do produto antes do período de nadir neutrofílico
esperado não é recomendada. Se necessário, pode-se aumentar a dose.
Para pacientes1 que receberam transplante de medula óssea7, a dose recomendada de FILGRASTIM
(filgrastim) é de 1,0 MUI (10mcg/Kg/dia) por infusão intravenosa de 4 ou 24 horas, ou infusão subcutânea3
continua de 24 horas. A primeira dose de FILGRASTIM (filgrastim) deve ser administrada
pelo menos 24 horas após a quimioterapia5 citotóxica e pelo menos 24 horas após a infusão de
medula óssea7.
Durante o período de recuperação neutrofílico, a dose diária de FILGRASTIM (filgrastim) deve ser
titulada de acordo com a resposta demonstrada na tabela a seguir.
Pacientes submetidos a quimioterapia5 citotóxica e transplante autólogo de medula óssea7: a dose
inicial recomendada de FILGRASTIM (filgrastim) é de 2,0 MUI (20 mcg/Kg/dia.Após o nadir
leucocitário, a dose diária de FILGRASTIM (filgrastim) deve ser ajustada de acordo com a tabela
a seguir.


A administração de doses até 70 mcg/Kg/dia de FILGRASTIM (filgrastim) constitui-se um tratamento
eficaz e bem tolerado.
Nos pacientes submetidos a quimioterapia5 citotóxica e transplante autólogo de medula óssea7 podese
administrar FILGRASTIM (filgrastim) na forma de infusão intravenosa diluída em 20-50 mL de
solução de glicose4 a 5%. A primeira dose de FILGRASTIM (filgrastim) deve ser administrada pelo
menos 24 horas após a quimioterapia5 citotóxica e pelo menos 24 horas após a infusão de medula8
óssea.
Não se conhece a eficácia e segurança da administração de FILGRASTIM (filgrastim) em períodos
superiores a 28 dias neste grupo de pacientes.
Uso em Idosos e crianças: A segurança e eficácia nestas faixas etárias não foram estabelecidas.
Instruções de Diluição: O produto não pode ser diluído em soluções salinas. Se necessário, pode
ser diluído em solução de glicose4 a 5%.
Nota: O produto pode ser adsorvido por vidro ou materiais plásticos. Entretanto, se a diluição for
realizada conforme as instruções a seguir, o preparado é compatível com vidro e vários materiais
plásticos, como o PVC, poliolefina (copolímero de polipropileno e polietileno) e polipropileno.
Quando o produto for diluído a uma concentração inferior a 1,5 MU/ml (15 mcg/ml) de FILGRASTIM
(filgrastim), deve-se adicionar albumina9 sérica humana a uma concentração final de 2 mg/ml. Não
se recomenda diluir a solução injetável deste produto a uma concentração inferior a 0,2 MU/ml
(2 mcg/ml).


As soluções diluídas deste produto não devem ser preparadas com mais de 24 horas antes do
uso, e devem ser mantidas refrigeradas (2º a 8ºC), não congelar.
O frasco-ampola deste produto é de uso único e, portanto, deve ser utilizado em uma só vez, sem
o fracionamento da dose.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
2 Neutropenia: Queda no número de neutrófilos no sangue abaixo de 1000 por milímetro cúbico. Esta é a cifra considerada mínima para manter um sistema imunológico funcionando adequadamente contra os agentes infecciosos mais freqüentes. Quando uma pessoa neutropênica apresenta febre, constitui-se uma situação de “emergência infecciosa”.
3 Subcutânea: Feita ou situada sob a pele; hipodérmica.
4 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
5 Quimioterapia: Método que utiliza compostos químicos, chamados quimioterápicos, no tratamento de doenças causadas por agentes biológicos. Quando aplicada ao câncer, a quimioterapia é chamada de quimioterapia antineoplásica ou quimioterapia antiblástica.
6 Neutrófilos: Leucócitos granulares que apresentam um núcleo composto de três a cinco lóbulos conectados por filamenos delgados de cromatina. O citoplasma contém grânulos finos e inconspícuos que coram-se com corantes neutros.
7 Medula Óssea: Tecido mole que preenche as cavidades dos ossos. A medula óssea apresenta-se de dois tipos, amarela e vermelha. A medula amarela é encontrada em cavidades grandes de ossos grandes e consiste em sua grande maioria de células adiposas e umas poucas células sangüíneas primitivas. A medula vermelha é um tecido hematopoiético e é o sítio de produção de eritrócitos e leucócitos granulares. A medula óssea é constituída de um rede, em forma de treliça, de tecido conjuntivo, contendo fibras ramificadas e preenchida por células medulares.
8 Medula: Tecido mole que preenche as cavidades dos ossos. A medula óssea apresenta-se de dois tipos, amarela e vermelha. A medula amarela é encontrada em cavidades grandes de ossos grandes e consiste em sua grande maioria de células adiposas e umas poucas células sangüíneas primitivas. A medula vermelha é um tecido hematopoiético e é o sítio de produção de eritrócitos e leucócitos granulares. A medula óssea é constituída de um rede, em forma de treliça, de tecido conjuntivo, contendo fibras ramificadas e preenchida por células medulares.
9 Albumina: Proteína encontrada no plasma, com importantes funções, como equilíbrio osmótico, transporte de substâncias, etc.

Tem alguma dúvida sobre POSOLOGIA FILGRASTIM?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.