INDUTORES / INIBIDORES DO METABOLISMO ENZIMÁTICO CLORIDRATO DE PAROXETINA

Atualizado em 28/05/2016
O metabolismo1 e a farmococinética do cloridrato de paroxetina podem ser afetados por drogas que induzem ou inibem o metabolismo1 enzimático da droga. Quando cloridrato de paroxetina é co-administrado com uma droga inibidora do metabolismo1, o uso da dose mínima deve ser considerado.Nenhum ajuste inicial na dosagem do cloridrato de paroxetina é considerado necessário quando a droga é co-administrada com drogas indutoras do metabolismo1 enzimático. Qualquer ajuste subseqüente de dosagem deve ser baseado nos efeitos clínicos (tolerância e eficácia).
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.

Tem alguma dúvida sobre INDUTORES / INIBIDORES DO METABOLISMO ENZIMÁTICO CLORIDRATO DE PAROXETINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.